MARCELO DJALÓ PODERÁ REFORÇAR EIXO DEFENSIVO DOS DJURTUS

O defesa central Marcelo Djaló, de 25 anos de idade, que joga na primeira liga inglesa (Premier League) ao serviço de Fulham Football Club, poderá reforçar a seleção nacional de futebol da Guiné-Bissau, “Os Djurtus”, no próximo jogo frente a Moçambique a disputar-se em Bissau no dia 22 de março para o apuramento ao Campeonato Africano das Nações (CAN’2019).

De acordo o jornalista Braima Camará citado pel’O Golo GB, na sua edição de hoje, Marcelo de 1,80 metros de altura nasceu em Espanha, mas o pai (Iaia Djaló) é guineense e a mãe é espanhola.

“Todos os guineenses estão ansiosos para ver a Guiné-Bissau estar presente em duas edições consecutivas na Copa Africana das Nações, a realizar-se no Egito”, sublinhou o jornalista, num vídeo live na sua conta pessoal de Facebook realizado no dia 1 de março no Consulado da Guiné-Bissau em Madrid na presença do jogador.

“Marcelo Djaló decidiu representar a Guiné-Bissau em detrimento da Espanha, seu país de nascença, por amor a sua pátria de origem, onde nasceu o seu pai Iaia Djaló”, rematou o jornalista, lembrando que é a primeira vez que a seleção nacional de futebol da Guiné-Bissau conta com os serviços de um atleta nascido em Espanha, mas de pai guineense. 

O jogo agendado pela Confederação Africana de Futebol (CAF) é referente  à sexta e última jornada do grupo K de qualificação para o Campeonato Africano das Nações (CAN’2019), a disputar-se neste ano em solo egípcio. O duelo lusófono-africano será disputado no Estádio Nacional ’24 de Setembro’, no Alto Bandim, periferias de Bissau.

Por: Sene CAMARÁ 

Foto: Braima CAMARÁ (Jornalista guineense, radicado em Espanha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa