José Mário Vaz: “NÃO INTERVIREI NO PROBLEMA DE QUALQUER PESSOA PORQUE GUINÉ-BISSAU FOI CONQUISTADA COM SANGUE E SUOR”

O Presidente da República, José Mário Vaz, garantiu esta quarta-feira 05 de junho de 2019 que, enquanto Chefe de Estado, não intervirá no problema de qualquer que seja pessoa, porque a Guiné-Bissau é um país conquistado com sangue, suor e lágrimas de maneira que não deve permitir que ninguém crie problemas entre os guineenses.

José Mário Vaz falava num encontro do tradicional cumprimento da comunidade muçulmana depois de reza que segue o período de jejum de 30 dias, realizado no Palácio da República. 

Na ocasião, o Chefe de Estado, disse que iria contar com o apoio da comunidade religiosa porque em toda a parte do mundo, quando há problemas no país ou na sociedade, os líderes religiosos são chamados para saneá-los.

“Quero pedir a todos os responsáveis religiosos do país com maior influência para não desistirem e continuarem a conversar com as partes em divergência para que possamos andar no único caminho, porque só assim é que será possível desenvolver a Guiné-Bissau. Não é bom enquanto os filhos da mesma nação estão a lançar pedras uns contra os outros, injuriando-se na praça pública e denigrindo a imagem do país interna e externamente. Portanto, nada é difícil quando decidimos sentarmo-nos a uma mesa para conversar e ultrapassar os diferendos”, exortou.

Em nome da comunidade muçulmana da Guiné-Bissau, Infali Coté garantiu a José Mário Vaz o apoio incondicional da comunidade muçulmana, caso queira recandidatar-se para o cargo do primeiro magistrado da nação, tendo em conta a ajuda que o Presidente da República prestou à comunidade muçulmana, durante o seu mandato.  

Aquele responsável assegurou que as informações que circulam no país em como não há união no seio da comunidade muçulmana do país não corresponde à verdade, porque a comunidade muçulmana está firme e unida para sempre.

Por: Aguinaldo Ampa

Foto: A.A       

8 comments

  1. ALANAN disse:

    Caro senhor José Mario VAZ, fazer de Vitima a povo posso garantir que povo já sabem quem provocou este crise neste pais de Amílcar Cabral, com esta sua palavra #”Não é bom enquanto os filhos da mesma nação estão a lançar pedras uns contra os outros, injuriando-se na praça pública e denigrindo a imagem do país interna e externamente”#

  2. Carlitos Nhaga disse:

    Mas o quê que a religioão tem haver com a renovação do mandato do Presidente da República? Respeito à Deus!

  3. Braima Cassama disse:

    Os muçulmanos não prometam nada a ninguém que não têm pena daquele povo em geral. Apoiar seja quem for que que age contra o seu próprio povo em troca de bem estar pessoal é um pecado…

  4. Geralda Muzanty disse:

    Senhor presidente, este seu discurso

  5. Geralda Muzanty disse:

    Senhor presidente, este seu discurso é instigador, nós sabemos que a Guiné Bissau foi conquistado com sangue e suor desse povo. Mas o pior inimigo do povo guineense é o senhor.

  6. nadilé disse:

    nao deve existir nenhum tipo de apoio que uma entidade religiosa possa oferecer ao politiqueiro que pretende candidatar-se a eleição presidencial, sob pena de ser uma atitude de ateu.

  7. Aladje Aliu Cisse disse:

    Jomav guine bissau pressisa de um presidente que vai juntar todos filhos da guine, mas nao como voce que nos traz varios problemas entre nos, claro que voce nao esta na altura de de governar esta pais,é melhor devolver poder aos que pova dá

  8. Emanuel disse:

    O castigo da idólatra
    Ezequiel 14:1a23

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa