Incineração da droga: PM ADVERTE QUE A GUINÉ-BISSAU NÃO PODE SER UM “SANTUÁRIO” PARA CRIME ORGANIZADO

O primeiro-ministro, Aristides Gomes, advertiu este sábado, 07 de Setembro de 2019,  que é preciso a segurança, a estabilidade e uma limpeza para que a Guiné-Bissau não se transforme num “santuário” para o crime organizado ou  tráfico de droga. 

Aristides Gomes fez esta advertência durante a cerimónia da incineração de cerca de duas toneladas de droga [1623 placas], correspondentes a 1947 (mil e novecentos e quarenta e sete) quilogramas de cocaína, apreendidas nas cidades de Caió e Canchungo, região de Cacheu no norte da Guiné-Bissau, pela unidade de combate a droga da Polícia Judiciária. 

A incinereação da droga decorreu em Bissalanca, arredores da capital Bissau e contou com a presença de representantes das organizações internacionais bem como estruturas de segurança do Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz e Segurança na Guiné-Bissau (UNIOGBIS).

“Acabamos de assistir uma cerimónia de um simbolismo fundamental para o governo, porque essa ação demostra que o executivo está determinado através das suas instituições de segurança em fazer uma limpeza e pôr um travão num processo que vinha pondo em causa a própria estabilidade da Guiné-Bissau e os programas do desenvolvimento económico. A nossa ação é coerente na socorização do nosso país, mas ao mesmo tempo é uma ação que se destina a suscitar a intervenção do investimento no país”, assegurou o Primeiro-ministro, durante a sua declaração aos jornalistas presentes no ato da incineração das drogas.

Por seu lado, a Diretora Nacional da Polícia Judiciária, Filomena Mendes, apelou ao governo no sentido de dotar a sua instituição de condições e recursos materiais e financeiros para continuar a desenvolver as suas operações com enfoque para o crime organizado e o combate cerrado à corrupção. Mendes adianta ainda que é urgente a construção de uma sede adequada ao desempenho das atribuições daquela corporação policial da investigação criminal.

Por: Aguinaldo Ampa

Foto: A.A   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa