FINAL DO CAMPEONATO DEFESO INTER-BAIRROS AO RUBRO COM 5 MILHÕES DE FRANCOS CFA EM DISPUTA

O campeonato defeso Inter-Bairros 2019, que envolve vinte bairros de Setor Autônomo de Bissau a ser disputado no tapete sintético do Estádio Lino Correia, em Bissau, está ao rubro com cinco (5) milhões de francos CFA em disputa para o primeiro classificado da prova de 2019. 

O evento patrocinado pela empresa de telecomunicações Orange Bissau e organizado pelas três associações desportivas do país, nomeadamente: a Associação dos Treinadores, Jogadores e de Árbitros da Guiné-Bissau tem valor global de oito milhões de e quinhentos (8.500) mil de francos CFA em prêmios.

A equipa vencedora da  primeira edição  da prova levará como prémio, cinco milhões de francos CFA, o segundo classificado terá dois milhões de francos CFA. A equipa Fair Play, vai arrecadar trezentos mil francos CFA. As premiações são igualmente extensíveis ao melhor marcador que deverá levar duzentos e cinquenta mil francos CFA e duzentos  mil francos CFA para o guarda-redes menos batido.

Numa entrevista exclusiva ao jornal O Democrata para falar do andamento do campeonato defeso Inter-bairros, o presidente da comissão organizadora, Miguel António da Costa (Mister Mendes), realçou 2 aspetos que julga merecerem destaque: a forma como está a decorrer o campeonato num ambiente de Fair Play e  a vivacidade com que os adeptos e as equipas e os bairros participantes encarram a prova que está a ser disputada no segundo maior palco de futebol nacional, o Estádio Lino Correia.

Apesar disso, Mister Mendes reconhece que às vezes a comissão não consegue conter os ânimos, a tensão e os desentendimentos entre os dirigentes da equipas com os membros da comissão do defeso, mas sempre souberam ultrapassar as diferenças e chegar a um entendimento para o bem de todos e, em particular, do futebol nacional. Notou neste particular que não está a ter problemas de grandes dimensões em trabalhar com as três estruturas de futebol nacional, “porque são todos homens ligados ao setor”. 

“Apesar de a iniciativa ser nossa, Associação dos treinadores de futebol de Guiné-Bissau, pelo bem do futebol nacional decidimos conjugar esforços e integrar  outras associações desportivas do país que tiveram também a mesma iniciativa de organizador o campeonato defeso Inter-bairros neste ano no estádio Lino correia, neste caso, a Associação dos árbitros e dos jogadores, e como já tínhamos um protocolo de acordo com Orange Bissau para patrocinar o nosso campeonato defeso Inter-bairros fizemo-lo em conjunto no Estádio Lino Correia”, detalhou para de seguida informar  que houve também outras associações desportivas que manifestaram a mesma intenção de organizar o defeso da mesma natureza e no mesmo espaço, o que levou a comissão a ponderar mudar de local para o vulgo campo das transmissões de QG. 

Porém, dada à visibilidade de Estádio Lino correia tiveram que acertar passos e chegar a um entendimento.

Garante, no entanto, que o dinheiro que sairá das receitas do campo será dividido de igual por igual entre as três organizações.

Miguel António da Costa informou que a sua estrutura tem um acordo com a empresa Orange Bissau de dois anos para a realização do campeonato Defeso Inter-Bairros, por isso a empresa e a Federação de Futebol da Guiné-Bissau estão de olhos postos neles sobre o desfecho desta primeira edição. E promete “trabalhar arduamente” para retribuir a confiança e a fidelidade que a empresa de telecomunicação Orange Bissau depositou na associação dos treinadores de futebol da Guiné- Bissau e para próxima edição espera poder contar  com mais associações desportivas do país, neste caso, o Fórum de Jornalistas Desportivos da Guiné-Bissau e a associação de medicina desportiva, entre outras associações desportivas. 

Neste sentido, pede engajamento das outras empresas estrangeiras que operam no país na edificação do futebol nacional e, consequentemente, ajudar a minimizar as carências sociais e a delinquência no seio da juventude guineense.

Entretanto, segundo  informações a que O Democrata teve acesso de uma fonte federativa , a grande final da primeira edição do campeonato Inter-bairros está agendada para este sábado 9 de novembro opondo o Bairro de Djolo [Bairro Militar] e Bairro de Praça.

Também a organização recebeu garantias da Orange Bissau que se as duas edições acordadas tiverem o sucesso esperado, o próximo passo será apoiar a Federação de Futebol da Guiné-Bissau em meios para organização das provas nacionais. 

Por. Idjé Da Costa      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa