2ª volta das presidenciais: MOVIMENTO DE SALVAÇÃO DO PRS DECLARA APOIO A DOMINGOS SIMÕES PEREIRA

O Movimento de Salvação do Partido de Renovação Social (PRS) da Guiné-Bissau declarou hoje o seu apoio à candidatura de Domingos Simões Pereira à segunda volta das eleições presidenciais, marcadas para 29 de dezembro.

“O Movimento de Salvação em memória de Kumba Ialá, após uma reflexão séria, tendo sempre como pressuposto o desenvolvimento da Guiné-Bissau acima de tudo, decidiu aqui hoje manifestar o seu total apoio ao candidato Domingos Simões Pereira”, afirmou Ibraima Sori Djaló, antigo presidente do parlamento guineense e um dos fundadores do PRS.

Numa declaração à imprensa, lida numa unidade hoteleira em Bissau, Sori Djaló salientou que Domingos Simões Pereira é uma personalidade com uma “conduta moral exemplar, com uma autoridade académica e científica indiscutível e é reconhecido a nível nacional e internacional”.

“Chegou a hora de fazermos a escolha certa e Domingos Simões Pereira será o Presidente da salvação de que a Guiné-Bissau precisa”, afirmou.

Domingos Simões Pereira, apoiado pelo Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC, no poder) vai disputar a segunda volta das eleições presidenciais com Umaro Sissoco Embaló, do Movimento para a Alternância Democrática (Madem-G15, líder da oposição).

Além do Movimento de Salvação do PRS, vários partidos, que apoiaram os seus candidatos na primeira volta das presidenciais, realizada a 24 de novembro, já manifestaram apoio à candidatura de Domingos Simões Pereira, nomeadamente o Partido da Nova Democracia, Partido da Convergência Democrática e Partido da Unidade Nacional.

O Movimento da Salvação do PRS apareceu após as legislativas de 10 de março e depois de aquele partido ter ficado em terceiro lugar no escrutínio, perdendo o lugar de líder da oposição guineense que ocupou durante anos.

In Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa