Peregrinação a Cacheu 2019: BISPOS DA IGREJA CATÓLICA PEDEM AOS GUINEENSES PARA ESCOLHEREM CANDIDATO CAPAZ DE SALVAGUARDAR O INTERESSE DO POVO

Os três Bispos da igreja católica  na Guiné-Bissau pediram aos eleitores para fazerem uma boa escolha na segunda volta das eleições presidenciais, agendadas para o próximo dia 29 de dezembro, no candidato que se mostre capaz de salvaguardar o interesse do povo guineense.

O apelo dos líderes da comunidade católica guineense foi tornado público pelo bispo auxiliar de Bissau, Dom José Lampra Cá, durante a homilia na Santa Missa que marcou o encerramento da peregrinação [6 e 7 dezembro 2019] na cidade de Cacheu, norte da Guiné-Bissau, e que decorreu sob o lema “Batizadu i inviadu! Suma Maria, nô ianda djunto tras di Jesus”.

Perante milhares de fiéis católicos, o reverendíssimo Bispo Dom Lampra Cá, ladeado pelos Bispos Dom José Camnaté Na Bissign e Dom Pedro Zili, apelou ainda à união dos guineenses, ao civismo durante o próximo escrutínio “para que o país possa retomar a normalidade de vida e seguir o caminho do desenvolvimento a semelhança de outros países”. 

“Para que isso aconteça, a escolha deve ser feita com muita responsabilidade por cada cidadão eleitor guineense”.

Sobre o lema escolhido para a peregrinação 2019, explicou que a primeira parte do lema é baseado no ano missionário extraordinário, tendo lembrado que o Baptismo é uma nova identidade parecida com Deus na criação através de Jesus Cristo.

Recorda-se que a peregrinação Mariana ao Santuário de Nossa Senhora de Natividade de Cacheu [construído em 1590] realiza-se anualmente com uma marcha orientada de orações e cantos por uma distância de 7 quilómetros e seguida de adoração ao Santíssimo. A tradição da peregrinação àquela cidade remonta ao ano 1984 sob orientação do primeiro Bispo da Guiné-Bissau, Dom Settimio Arturo Ferrazzetta.

Por: Carolina Djeme

Foto: C.D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa