Notícias Sobre Opinião

Opinião: ACABEM COM ESTA CRISE, JÁ!: Mesa de Diálogo Nacional

Depois de uma penosa caminhada pelos corredores judiciais, um percurso que afinal só gerou frustrações e fadiga tanto a nível interno como externo, o arrastar da crise política guineense continua a provocar danos graves à Guiné-Bissau – à dignidade das suas instituições, à imagem externa do seu Estado e à autoestima do seu povo. Tensão sem fim entre as instituições

Opinião: CUSTOS DA UEMOA PARA A GUINÉ-BISSAU –  duas chaves para 100 portas

[PARTE 1: Política Monetária] Nas últimas décadas, o crescimento económico verificado na Guiné Bissau se situa a cima da média mundial, embora isso não se refletir na vida dos guineenses. O desemprego continua acentuado e cada vez mais agravante. Perante esse e mais outros fenómenos económicos, é urgente encontrar instrumentos de mercado de modo a garantir o melhor equilíbrio macroeconómico.

Opinião: ESTÁ ESGOTADO O TRADICIONAL MODELO POLÍTICO-PARTIDÁRIO GUINEENSE. O QUE FAZER?

Violento cenário de enfrentamento entre os manifestantes que pedem a cabeça do Presidente José Mário Vaz e a devolução do poder ao PAIGC ou a realização de eleições antecipadas, e as forças policiais que resguardam o status quo, colore a capital Bissau. Saíram vários feridos e alguns detidos do instaurado conflito, que para os chamados cidadãos conscientes e inconformados representa

Opinião: GUINÉ-BISSAU – CEDEAO: falhou a normalização?   

1. Problema Como é sabido, esta longa crise política resultou de uma fratura partidária – fratura essa que era preciso consertar tendo em vista normalizar o funcionamento do parlamento guineense, e, consequentemente, viabilizar na ordem parlamentar um governo de inclusão. Apenas isto. Concentrar-se no que é essencial, não se dispersar – foi isso que faltou um bocado. 2. Ordem e

Figura de Semana

Edição Impressa