Notícias Sobre Política

COMISSÃO PERMANENTE DA ANP CONSIDERA ILEGAL GOVERNO DE SISSOCO E CHUMBA AGENDAMENTO DO PROGRAMA

A Comissão Permanente da Assembleia Nacional Popular (ANP) da Guiné-Bissau considerou ilegal o governo liderado pelo General Úmaro Sissoco Embaló e chumbou o agendamento do programa do mesmo para a segunda sessão ordinária do terceiro ano legislativo 2016/2017. A Comissão Permanente reuniu-se hoje, 22 de fevereiro 2017, numa das salas de reuniões do parlamento e decidiu igualmente dispensar a convocação

Crise Política: PAIGC EXIGE A DEMISSÃO DO GOVERNO DE SISSOCO E PEDE A NOMEAÇÃO DE AUGUSTO OLIVAIS

Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), exigiu hoje, 20 de fevereiro de 2017, a demissão imediata do Governo liderado por General Úmaro El Mokhtar Sissoco Embaló e pede ainda a nomeação sem demoras de Augusto Olivais que, de acordo com o partido libertador, foi o nome consensual retido dentre as propostas levadas à Conakry. Segundo o

Crise política: ANALISTAS GUINEENSES APONTAM FALHAS DO SISTEMA VIGENTE E DEFENDEM DIÁLOGO PARA SALVAR O PAÍS

A crise política e parlamentar vivida na Guiné-Bissau há cerca de dois anos bloqueou por completo o funcionamento do parlamento, como também impossibilita a viabilização do programa de três últimos governos nesta nona legislatura.  Para algumas vozes, a instabilidade política vivida há cerca de 20 anos no país, tem a ver com a falha do sistema político vigente ‘Semipresidencialista’, enquanto

ÚMARO SISSOCO DEFENDE DEVOLUÇÃO DE DIREITOS AOS CIDADÃOS GUINEENSES

O Primeiro-ministro, Úmaro Sissoco Embaló, afirmou esta sexta-feira, 17 de fevereiro 2017, que um dos desafios do seu governo é devolver a todos os cidadãos guineenses, onde quer que estejam, os seus direitos. A determinação do Chefe do Executivo guineense foi tornada pública numa reunião do “Fórum Consultivo para uma Diáspora Saudável”, na qual garante adotar a cada cidadão de

Figura de Semana

Edição Impressa