LIGA DOS DIREITOS HUMANOS DA GUINÉ-BISSAU ELEGE NOVO PRESIDENTE

O advogado Augusto Mário da Silva é o novo presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, em substituição de Luís Vaz Martins, que esteve na direção da Liga nos últimos oito anos, disse hoje à Lusa fonte da organização.
Mário da Silva foi eleito no congresso ordinário da organização, realizado no sábado, em Bissau, para um mandato de quatro anos.
Até aqui vice-presidente da Liga, Augusto Mário da Silva prometeu “continuar e consolidar as conquistas alcançadas” pela direção cessante.
O novo líder da LGDH disse que pretende reforçar a capacidade de intervenção da organização através de um processo de reestruturação do grupo de ativistas, trabalhar para a consolidação do Estado de Direito, pelo combate à impunidade e pelo reforço do sistema de proteção dos direitos humanos, com ênfase nas crianças e mulheres.
O novo presidente da Liga quer também trabalhar no reforço da participação da organização nas instâncias internacionais de defesa dos direitos humanos.
Integrar a LGDH na organização mundial contra a tortura será outra das “grandes apostas” de Augusto Mário da Silva.
O novo presidente deve tomar posse até final do mês.

 

Fonte: Lusa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.