Posted in Atualidade Política

Crise política: SISSOCO DISSOLVE O PARLAMENTO E MARCA ELEIÇÕES ANTECIPADADAS PARA DEZEMBRO 

O Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, dissolveu esta segunda-feira, 16 de maio de 2022, a Assembleia Nacio… LER MAIS

Ler mais Crise política: SISSOCO DISSOLVE O PARLAMENTO E MARCA ELEIÇÕES ANTECIPADADAS PARA DEZEMBRO 
Posted in Atualidade

Porta-voz do governo: “QUERO QUE OS MILITARES ENTENDAM QUE A MUDANÇA DE REGIME FAZ-SE POR VIA DEMOCRÁTICA”

O porta-voz do governo guineense disse esperar que a classe castrense interiorize e entenda que a mudança do regime faz… LER MAIS

Ler mais Porta-voz do governo: “QUERO QUE OS MILITARES ENTENDAM QUE A MUDANÇA DE REGIME FAZ-SE POR VIA DEMOCRÁTICA”
Posted in Atualidade Política

COMISSÃO DA REVISÃO CONSTITUCIONAL ENTREGA ANTEPROJETO A CIPRIANO CASSAMÁ

A Comissão da Revisão Constitucional, criado pelo Parlamento, entregou esta terça-feira 26 de abril de 2022, o antepr… LER MAIS

Ler mais COMISSÃO DA REVISÃO CONSTITUCIONAL ENTREGA ANTEPROJETO A CIPRIANO CASSAMÁ
Posted in Atualidade

JOSÉ RAMOS-HORTA ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE TIMOR-LESTE PELA SEGUNDA VEZ

José Ramos-Horta foi eleito pela segunda vez Presidente da República de Timor-Leste, com 62,09% dos votos, derrotand… LER MAIS

Ler mais JOSÉ RAMOS-HORTA ELEITO PRESIDENTE DA REPÚBLICA DE TIMOR-LESTE PELA SEGUNDA VEZ
Posted in Atualidade Economia

Ministro das Finanças: “O GOVERNO PODERÁ DIMINUIR A PRESSÃO FISCAL SOBRE PRODUTOS DE BASE PARA MINIMIZAR EFEITOS DA CRISE”

O ministro das Finanças, João Alage Mamadu Fadia, admitiu que o governo poderá diminuir a pressão fiscal … LER MAIS

Ler mais Ministro das Finanças: “O GOVERNO PODERÁ DIMINUIR A PRESSÃO FISCAL SOBRE PRODUTOS DE BASE PARA MINIMIZAR EFEITOS DA CRISE”
Posted in Atualidade Política

PRESIDENTE DA ANP CONDENA ATAQUE AO PALÁCIO DO GOVERNO A 1 DE FEVEREIRO

O presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá, condenou esta quarta-feira, 13 de abril de 2022, o ata… LER MAIS

Ler mais PRESIDENTE DA ANP CONDENA ATAQUE AO PALÁCIO DO GOVERNO A 1 DE FEVEREIRO