“JOVENS QUE TRABALHAM NA MODA NECESSITAM DE IMPULSO DE DIMENSÃO INTERNACIONAL” – Presidente de GBFA

O vice-presidente da Guiné-Bissau Fashion Awards(GBFA), Emílio Costa, defendeu na sexta-feira, 08 Janeiro de 2021, que os trabalhos dos jovens que atuam na área de moda necessitam ser impulsionados para que o setor da cultura, neste âmbito, possa ganhar outra dimensão, em termos nacionais e internacionais.

Emílio Costa falava no lançamento do projeto Guiné-Bissau Awards (GBFA) que visa promover, incentivar, reconhecer, valorizar e divulgar obras artísticas ligadas à moda e criar um espírito de concorrência para melhores trabalhos. O projeto terá como rosto o modelo internacional Lusoguineense, Armando Cabral.

Emílio Costa sublinhou que a primeira edição do GBFA, prevista para 14 de fevereiro de 2021, vai  incentivar mais dos jovens artistas ligados à moda, e a segunda edição terá uma premiação para os melhores Fashion´s nas 26 categorias já selecionadas.

“Os anos 2019 e 2020 foram praticamente nulos, em termos da produção na área da moda. Como foi visto os jornalistas são profissionais de uma das áreas que mais trabalharam, por isso a primeira edição será marcada com uma homenagem a jovens ativos e a segunda edição será um concurso”, esclareceu Costa.

O Vice-presidente da GBFA garantiu que a sua organização irá trabalhar com rigor e responsabilidade no que concerne à premiação. Deste modo, chamou atenção aos intervenientes desta área para se organizarem e se inscreverem na Direção-geral da Cultura, para registar os trabalhos. 

“Para que os jovens tenham um trabalho notório, podem explorar muito bem a componente internet, como plataforma para a divulgação e reconhecimento dos trabalhos artísticos  produzidos localmente”, aconselhou.


Por: Djamila da Silva

Foto: D. S

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa