COMPETIÇÃO DE FUTEBOL RETOMADA COM REALIZAÇÃO DO JOGO DE TAÇA DA GUINÉ-BISSAU

Um ano depois da suspensão das competições de futebol na Guiné-Bissau, devido a pandemia de novo coronavírus (covid-19), o campeonato foi retomado a nível do território nacional com a realização dos jogos da Taça da Guiné da época 2020-2021, no passado dia 01 de abril.

A informação consta de um comunicado oficial da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), a que a redação  desportiva do Jornal O Democrata teve acesso, na qual aquela entidade anuncia que a competição vai ser discutida em formato diferente do habitual: os jogos da eliminatória de Taça da Guiné vão ser disputados entre as equipas da mesma província.

Após vários encontros de trabalho entre a FFGB e o Alto Comissariado para a Covid, sobre a criação de condições para a retoma das competições de futebol, o Conselho de Ministros deu anuência para a retoma do Campeonato Nacional de Futebol e demais competições a nível interno.

Em declarações esta terça-feira, 06 Abril de 2021 a O Democrata, o vice-presidente da FFGB para Organização de Provas, Bonifácio Malam Sanhá, realçou os esforços e trabalho da direção  e a vontade das autoridades para permitir a retoma do futebol no país.

Segundo explicações de Sanhá, no plano de contingência para a retoma do futebol, os jogadores devem fazer despistagem da temperatura corporal antes dos jogos, não pode haver público nos estádios, o uso correto de máscaras  é obrigatório para pessoas envolvidas no jogo e em caso da despistagem da temperatura alta, o indivíduo deverá ser levado ao hospital para o teste a covid-19.

Sanhá diz que em caso desta pessoa estar infetada, toda a estrutura da equipa deve ser submetida ao teste de covid-19. O dirigente federativo revelou que a FFGB está  a trabalhar para cumprir com as recomendações das autoridades governamentais.

Confrontado com decisão das autoridades para a retoma da prova esta terça-feira, o comentador desportivo, Gorky Medina, questionou as garantias que vão ser dadas,se não haverá pessoas contaminadas nos jogos de futebol nos próximos dias.

“Mecanismos para retoma de futebol nos outros países não é a despistagem da temperatura. É sim fazer testes regulares de covid-19 a todos intervenientes no jogo. Utilizar somente o aparelho de medição de temperatura pode não ser suficiente para saber se a pessoa está  ou não infetada, porque vários jogadores de futebol poderão ser assintomáticos”, alertou Gorky Medina.

De recordar que após os primeiros casos da doença em Março de 2020, a federação de Futebol suspendeu todas as atividades desportivas no pais. 

Na altura a decisão suspendeu a primeira eliminatória da Taça de Guiné que estava a ser disputada entre as equipas da segunda divisão e cancelou os jogos da 14ª jornada do campeonato nacional da primeira divisão e a 12ª jornada do campeonato nacional da segunda divisão que estavam previstas.

Por: Alison Cabral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa