Visita a Bruxelas: SISSOCO DEFENDE QUE PARCERIA ENTRE OEACP E UNIÃO EUROPEIA DEVE SER REPENSADA E DIVERSIFICADA

O Presidente da República da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, defendeu que as relações entre a Organização dos Estados da África, Caraíbas e Pacífico (OEACP) e a União Europeia devem ser repensadas, melhoradas e diversificadas.

Embaló fez esta chamada de atenção hoje, 9 de setembro de 2021, durante a sua intervenção na reunião extraordinária do Comité dos Embaixadores da OEACP, em Bruxelas, capital da Bélgica, onde se encontra em visita oficial desde segunda-feira, 6.


O chefe de Estado defendeu, na sua comunicação, o envolvimento de novos instrumentos para o aprofundamento das relações entre OEACP e UE, sobretudo levar em conta os interesses comuns das partes e o surgimento de novos desafios, designadamente, a pandemia do novo coronavírus (covid-19) e as mudanças climáticas.

Embaló recordou que a Guiné-Bissau aderiu àquela organização a 16 de julho de 1975, tendo comprometido que o país vai cumprir os princípios e os objetivos da organização. Garantiu, neste particular, o seu apoio pessoal no reforço de laços de cooperação entre a organização e os países membros.

“É agradável encontrar os representantes dos Estados membros da organização, no quadro da minha estadia em Bruxelas. A visita de trabalho às instituições da União Europeia, ilustra excelentes relações de cooperação entre os dois  países”,  disse, alertando para a importância dessa parceria no processo do desenvolvimento sustentável da Guiné-Bissau.

Presidente da República felicitou o presidente em exercício da OEACP, presidente do Quénia, Uhuru Kenyatta, pelo seu “firme engajamento” no cumprimento dos objetivos traçados na conferência dos chefes de Estado e do governo em Nairóbi, bem como na implementação da agenda da presidência Queniana. 

Umaro Sissoco Embaló sublinhou que a questão da exploração sustentável e financeiramente equitativa dos recursos haliêuticos dos respetivos países e a problemática do fluxo migratório deve merecer particular destaque na agenda da organização.

“Felicito o Comité dos Embaixadores e a equipa de negociação, dirigido pelo ministro togolês dos Negócios Estrangeiros, Robert Dussey, pelos excelentes serviços prestados à organização na negociação com a União Europeia”, notou.

O Secretário-geral da OEACP, o angolano, Jorge Chicote, realçou que o Presidente Umaro Sissoco Embaló tem demostrado repetidas vezes a sua capacidade de liderança em tempos de adversidades, através de vários desafios que tem enfrentado com uma” abnegação sem paralelo”. 



Por: Aguinaldo Ampa          

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.