CNPN FOI VANDALIZADO POR PESSOAS NÃO IDENTIFICADAS

A sede do Comitê Nacional Para o Abandono de Práticas Tradicionais Nefastas à Saúde de Mulher e Crianças (CNPN) foi vandalizada, na madrugada desta quarta – feira, 24 de agosto de 2022, por pessoas não identificadas.

A denúncia foi feita pela Assistente de comunicação, Aissato Baldé, que considerou “bárbaro e covarde” o sucedido.

“Todos os materiais de trabalho e documentos foram espalhados no chão. Os assaltantes levaram um tablet e o dinheiro no valor de dois milhões e vinte nove mil e novecentos francos cfa (2.029.900 cfa). Esse valor era destinado para os animadores” explicou, lamentando que num Estado de Direito Democrático haja ainda pessoas que perdem o “sono e o seu precioso tempo” para praticarem atos de vandalismos nos locais de trabalho.

“Não temos segurança por causa das mudanças contínuas. Recebemos os fundos dos nossos parceiros e, às vezes, nós, os funcionários, damos um bocadinho de dinheiro para conseguirmos pagar a renda” disse, insistindo que ninguém tem o direito de vandalizar uma instituição que trabalha com a comunidade sobre as práticas nefastas e ofensivas para a saúde da mulher e de crianças.

Aissatu Baldé desafia as pessoas que se sentem incomodadas com as ações do comité a intentar uma queixa contra a sua organização nas instâncias judiciais ao invez de irem vandalizar a sede, tendo encorajado a Polícia Judiciária a fazer uma investigação, com vista a identificação dos autores morais e materiais desse ato e traduzi-los à justiça.

Por: Noemi Nhanguan

Foto: Marcelo Na Ritchi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.