ALTO COMISSARIADO CONFIRMA EXISTÊNCIA DAS VARIANTES ÓMICRON E GAMA NA GUINÉ-BISSAU

O secretário do Alto Comissariado para Covid-19, Plácido Cardoso, disse esta segunda-feira, 10 de janeiro de 2022, que o resultado preliminar da sequenciação das amostras confirmou a existência das variantes Ómicron e Gama na Guiné-Bissau. Numa altura em que o país enfrenta a quarta vaga com um registro de 214 casos novos com uma cobertura de vacinação completa de 38% da população alvo.  

Cardoso falava na habitual conferência de imprensa sobre a evolução epidemiológica da Covid-19 no país, na qual frisou que as pessoas cujas amostras indicam a variante Ómicron na maioria são assintomáticas.

De acordo com o mesmo boletim, foram registados, na semana passada, 214 novos casos, o que totaliza 6,713 casos acumulados, dos quais 6,310 recuperados, 149 óbitos por Covid-19, 06 óbitos com Covid-29 e 248 ativos. Foram analisadas 1384 amostras, sendo que passageiros em viagem para fora do país continuam a constituir a maioria dos indivíduos objeto dos testes do que os indivíduos sujeitos ao seguimento sanitário.

Relativamente à vacinação, Cardoso exortou a adesão à vacina porque, segundo os dados, estão com a primeira dose 57% da população alvo e apenas 38% com as duas doses previstas. 

Revelou que estão a ser elaboradas estratégias para uma nova campanha de vacinação e que está a ser planeada ainda a possibilidade de ser administrada a terceira dose para pessoas com doenças crónicas, bem como a possibilidade de serem vacinadas menores até 12 anos de idade.

O estado de alerta em vigor, deverá terminar no próximo dia 29 deste mês.

Por: Epifânia Mendonça

Foto: E.M

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.