PJ DESMANTELA REDE DE TRÁFICO DE DROGA QUE OPERAVA NO AEROPORTO INTERNACIONAL OSVALDO VIEIRA

A Polícia Judiciária da Guiné-Bissau (PJ) desmantelou uma rede internacional de tráfico de droga que operava no aeroporto internacional Osvaldo Vieira, em Bissau. 

O Democrata apurou que a unidade nacional do combate à droga desencadeou, na sexta-feira passada, (14.01.2022) uma operação na sequência de uma investigação que decorria desde dezembro do ano passado, envolvendo algumas pessoas afetas aos serviços do aeroporto internacional Osvaldo Vieira envolvidas numa rede de tráfico internacional de droga.

Segundo uma fonte, a Polícia Judiciária foi informada pela sua congénere portuguesa da apreensão no aeroporto de Lisboa de uma mala de porão que continha no seu interior 310 bolotas de cocaína com peso bruto de cerca de quatro quilogramas.

“A investigação da PJ conseguiu identificar a existência de uma rede criminosa devidamente estruturada que contava com um funcionário da Aviação Civil, que tinha acesso às áreas restritas do Aeroporto Osvaldo Vieira. A polícia identificou ainda o proprietário de uma agência de expedição de cargas e um dos seus colaboradores envolvidos foi igualmente detido pelos agentes da polícia Judiciária”, informou a fonte, acrescentando que no total estão três pessoas detidas pelo envolvimento no tráfico internacional da droga.

A droga apreendida em Lisboa, de acordo com a nossa fonte, havia sido dissimulada em bolotas dentro de frascos de cosméticos. 

A PJ apresentou hoje os três cidadãos nacionais suspeitos de tráfico de droga ao Ministério Público junto à Vara Crime do Tribunal Regional de Bissau para a legalização da prisão preventiva.

Por: Assana Sambú 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.