Alberto Nambeia: “O DESAFIO DO PRS É VENCER AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS”

O presidente do Partido da Renovação Social (PRS), Alberto M´Bunhe Nambeia, revelou na noite desta quinta-feira, 14 de janeiro de 2021, que o seu sonho é ver o PRS virado para o povo e ao serviço do povo e vencer as próximas eleições legislativas. 

Nambeia apontou como uma das apostas do PRS a boa governação e que homens e mulheres dirigentes dos renovadores exerçam o poder em nome do partido para oferecer refúgio, proteção e amor a todos os filhos da Guiné-Bissau.

O líder dos renovadores que falava à margem da celebração do vigésimo nono aniversário (29º) do partido de milho e arroz, frisou que 14 de janeiro é o “dia da consagração do PRS” e “cada vez mais forte e comprometido com o bem comum e a sociedade”. 

Contudo, reconheceu que a caminhada para chegar a essa data foi difícil, porque foram 29 anos decrescimento na diversidade, unidade, luta constante para a afirmação, num ambiente “sempre hostil” à ideologia política do partido.

O responsável dos renovadores afirmou que as últimas eleições legislativas do país realizadas em março de 2019 provaram que havia intenções de eliminar o PRS do xadrez político guineense, a todo custo. 

Para Alberto Nambeia, os resultados conseguidos nas eleições legislativas de 2014 espantaram muita gente, o que conforma essas intenções de que “o maior adversário político do PRS fez um recenseamento eleitoral seletivo e fraudulento”, eliminando, de forma propositada, dos cadernos eleitorais, a “grande maioria dos eleitores da base do Partido da Renovação Social”. 

“Essa estratégia política escolhida, na altura, pelo nosso adversário político vai contra o verdadeiro espírito da democracia e da justiça eleitoral, razão pela qual os renovadores perderam 20 deputados que tinham na legislatura anterior”, acusou. 

O líder do PRS indicou que a outra razão do fracasso eleitoral dos renovadores está relacionada com o surgimento de APU-PDGB, um partido que partilha a mesma base com o PRS. Como estratégia para mudar o cenário, Nambeia promete trabalhar mais e apreender com os erros do passado, redefinir e reforçar as estratégias eleitorais para que nas próximas legislativas de 2023, o partido consiga eleger maior número de mandatos no Parlamento e recuperar o estatuto conseguido em 1999.

Alberto Nambeia exigiu do Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló e do primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabiam, o batismo da Avenida que liga a rOtunda de Guimetal ao prédio dos antigos combatentes com o nome do ex-Presidente da República, Kumba Yalá, “pelo préstimo empreendido durante a sua vida a favor da democracia, paz, justiça e da valorização do homem guineense”.

Por: Aguinaldo Ampa

Foto: A.A          

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa