Serviços de migração e fronteiras: BOTCHE CANDÉ ADVERTE QUE NÃO TOLERARÁ COLABORAÇÃO COM TERRORISTAS

O Ministro do Interior, Botche Candé, advertiu esta segunda-feira, 29 de março de 2021, que em nenhum momento tolerará que agentes da Migração e Fronteiras colaborem com terroristas ou pessoas com documentos falsos para embarcar no Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira. Contudo, assegurou que o Aeroporto da Guiné-Bissau está bem em termos de segurança.

O responsável da pasta do Ministério do Interior revelou que a sua instituição recebeu informações segundo as quais os agentes da emigração e fronteiras estariam envolvidos na emissão de documentos falsos, por isso decidiu visitar aquela estrutura para certificar se realmente as informações recolhidas correspondem à verdade.

“Se alguém estiver  envolvido nessa prática é melhor desistir, porque terá que enfrentar as consequências. A imagem da Guiné-Bissau não pode ser manchada”, disse.     

Botche Candé falava à imprensa após ter visitado diferentes departamentos do Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira, onde funcionam os serviços da Guarda Nacional e Serviços da Emigração e Fronteiras. Candé disse que o objetivo da visita serviu também para constatar algumas anomalias.

O governante garantiu que estão a trabalhar fortemente para combater a situação de drogas no país que às vezes passam pelo aeroporto. Adiantou que qualquer agente ou funcionário que permitir ou facilitar a passagem da droga e cigarro acionará medidas duras contra essa pessoa. 

“Quem for apanhado a cometer irregularidades ou a colaborar com pessoas, sem cumprir a legalidade, pagará caro a fatura”, avisou.

Por: Aguinaldo Ampa

Foto: A.A 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa