LGDH DENUNCIA TENTATIVA DE “ASSASSINATO” DO ADVOGADO LUÍS VAZ MARTINS

A Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) denunciou uma “tentativa do assassinato” do advogado e antigo Presidente da organização, Luís Vaz Martins.

Em nota na sua página no Facebook, a organização defensora dos direitos humanos para além de condenar “veementemente a tentativa de asssasinato” , explica que a mesma terá acontecido, minutos depois do Debate Nacional, da Rádio Capital FM. 

De acordo com a vítima, lê-se na nota, um grupo de pessoas que lhe seguia em viatura de matrícula estrangeira bateu três vezes contra o seu automóvel na tentativa de lhe provocar um acidente fatal, na via que liga Bairro Militar a Antula, em Bissau. 

Por isso, a LGDH qualifica como “cobarde e gratuita” essa tentativa de silenciar as “vozes dissonantes” com o propósito de instalar um regime totalitário na Guine-Bissau. 

A organização exige a abertura de um “inquérito célere e transparente”, com vista à identificação e consequente punição exemplar dos autores deste ato criminoso.

Por fim, a LGDH expressa a sua total solidariedade para com o ativista Luís Vaz Martins e  responsabiliza as autoridades nacionais pela sua vida e integridade física.




Por: Tiago Seide

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.