Biaguê Na N’tam: “FORÇAS ARMADAS CONTINUARÃO A GARANTIR ESTABILIDADE E A SALVAR VIDAS”

O chefe de Estado Maior General das Forças, Biague Na N’tam, afirmou esta segunda-feira, 9 de agosto de 2021, que as forças armadas continuarão a garantir a estabilidade e salvar vidas das populações.

Biaguê Na N’tan disse que qualquer cidadão que se sentir ameaçado pode dirigir-se ou ligar para a Polícia Militar (PM) que lhe será garantida a segurança, tendo apelado aos cidadãos residentes na  diáspora para confiarem nas Forças Armadas Republicanas.

Na N’tam falava na entrega de materiais hospitalares doados pela ONG Coletivos dos Profissionais Promotores de Saúde e Bem-Estar da Humanidade (ONG CPSBH-GB) ao Estado Maior das Forças Armadas da Guiné-Bissau. A ajuda é constituída por 8 camas hospitalares, 8 colchões, compressas, 8 embalagens de cobertores, duas cadeiras de roda e 8 andorinhas, orçada em 3 milhões e novecentos mil francos CFA.

De acordo com as informações apuradas pelo jornal O Democrata junto do serviços sociais do Estado-Maior, os materiais serão distribuídos às diferentes unidades de saúde militar, incluindo o hospital militar principal  Sino – Guineense.

O chefe de Estado Maior General das Forças Armadas disse que os militares guineenses farão tudo o que for necessário para garantir o bem-estar da população guineense, como também lutarão para dignificar a saúde militar.

“O objetivo das forças armadas é garantir a estabilidade e a paz no país”, lembrou.

O presidente da ONG CPSBH-GB, Miguel Marçal da Silva, sublinhou que graças ao hospital militar o número de óbitos diminuiu durante a vigência das paralisações no setor da saúde, derivada das sucessivas greves levadas a cabo pela União Nacional dos Trabalhadores da Guiné-Central Sindical (UNTG-CS). Contudo, lamentou que o hospital militar não tenha recebido ajudas nesse período.

Por: Noemi Nhanguan

Foto: N.N 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.