Greve na Saúde: GOVERNO ANUNCIA REQUISIÇÃO CIVIL ATÉ FINAL DE DEZEMBRO

O governo guineense reconheceu hoje a necessidade de requisição civil por um período que vai até 31 de dezembro de 2021 para assegurar o regular funcionamento de serviços essenciais de saúde.

A decisão consta no comunicado do conselho de ministros desta segunda-feira, 25 de outubro, que o jornal O Democrata consultou.

Lê-se ainda no comunicado que a reunião extraordinária do conselho de ministros foi dedicada exclusivamente a análise da situação sanitária do país, em decorrência do boicote desencadeado pelos técnicos de saúde.

“Depois de um longo debate centrado na procura de soluções alternativas para o atendimento das necessidades sanitárias das populações”, o plenário governamental deliberou requisitar os médicos e técnicos de saúde nacionais em idade de reforma e médicos adstritos à brigada médica cubana em serviço no país e expatriados cubanos.

Deliberou também envolver os parceiros de cooperação em matéria de saúde para a superação de barreiras impostas pelo boicote dos técnicos de saúde, assim como acelerar o processo de vacinação contra a Covid-19 em toda a extensão do território nacional.

Por fim, o coletivo governamental deliberou prosseguir o diálogo e a concertação com os sindicatos, um diálogo assente no realismo e na defesa dos superiores interesses das populações.

Por: Tiago Seide

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.