Guines-Liga: JOÃO NATCHIGNA PEDE DEMISSÃO DO CARGO DE TREINADOR DO BENFICA

O treinador do Sport Bissau e Benfica (SBB), João Natchigna, apresentou o pedido de demissão do cargo de técnico à direção do clube encarnado liderado por Wilson Pereira Batista. A carta foi entregue na tarde desta segunda-feira, 30 de maio de 2022, após a derrota frente ao Cupelum FC, na vigésima segunda jornada do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão “Guines-Liga”.

A informação foi avançada à secção desportiva do Jornal O Democrata pelo próprio presidente do clube, Wilson Pereira Batista.

“Posso confirmar que o treinador entregou uma carta de pedido de demissão à direção do clube, mas ainda não tenho acesso a esta carta”, salientou

O dirigente do clube encarnado revelou que a direção do Benfica vai reunir-se na terça-feira para analisar o pedido.

Embora O Democrata não saiba o real motivo que levou o técnico a apresentar o pedido de demissão, a imprensa desportiva revelou que terá a ver  com fortes críticas dos dirigentes e adeptos do Benfica, depois da derrota frente ao Cupelum FC, um dos clubes aflitos na classificação da Guines-Liga.

A Rádio Difusão Nacional (RDN) noticiou que o treinador pediu a demissão porque estaria ausente do país por um período de pouco mais de três meses para formação.

As águias de Bissau somaram no último sábado mais uma derrota e perderam a liderança para o seu eterno rival da capital, o Sporting Clube da Guiné-Bissau.

Além do Benfica, vários clubes na presente época desportiva fizeram mudanças na equipa técnica, nomeadamente o clube dos Portos de Bissau, o Cupelum FC, os Balantas de Mansoa, os Arados de Nhacra, o Binar FC e o Sporting de Bafatá.

João Natchigna trabalhou durante dez anos como treinador adjunto nos clubes de Mansabá (2006), de Gabú, do Sporting Clube de Bafatá e da União Desportiva Internacional de Bissau (UDIB).

Na temporada 2016/2017 foi convidado a assumir o comando técnico do Benfica. No  seu primeiro ano como treinador principal, sagrou-se campeão nacional em futebol. Na época 2017/2018 voltou a ser campeão nacional pelo clube, também campeão da Taça da Guiné e venceu ainda  a Supertaça, no início da presente  época desportiva.

Por: Alison Cabral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.