Caso dos 800 KG de droga: MINISTÉRIO PÚBLICO DECRETA PRISÃO PREVENTIVA AOS QUATRO SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGA

O Ministério Público guineense, através do Juíz de Instrução Criminal detentor do processo, decretou a prisão preventiva aos quatro suspeitos de tráfico de cerca de 800 quilogramas de cocaína apreendidas pela Polícia Judiciária a 09 de março, nos arredores de Bissau. O juiz avançou no comunicado que os  suspeitos são um cidadão de nacionalidade bissau-guineense, um senegalês e dois nigerinos.

A informação da confirmação da prisão preventiva dos quatro suspeitos foi tornada pública num comunicado de imprensa da Procuradoria-Geral da República, através do seu Gabinete de Imprensa e Relações Públicas a que a redação do Jornal O Democrata teve acesso.

A Polícia Judiciária, no âmbito das suas operações, apreendeu nas vésperas das eleições legislativas de 10 de março 789 quilogramas de droga. A droga (cocaína) estava a ser transportada num camião frigorífico, também apreendido pelos agentes da brigada de droga daquela corporação policial, na estrada que liga o aeroporto internacional Osvaldo Vieira à cidade de Safim (região de Biombo), junto a clínica “Artimiza”.

O comunicado informa ainda que não obstante a confirmação da prisão preventiva dos principais suspeitos,  continuam a decorrer no terreno as investigações para obter mais meios de prova e apurar mais responsabilidades com vista à acusação e posterior remissão ao juiz que vai julgar o caso.

Na mesma nota, o Ministério Público, explica que o processo do “Caso de Biombo” sobre feitaçaria que já teve acusados, foi julgado em seis sessões e a leitura da setença vai acontecer amanhã, 16 de abril, no Tribunal Regional de Bissau.

Recorde-se que os treze suspeitos no processo conhecido como o “Caso Biombo” terão morto um indivíduo, alegando que este  contratou feiticeiros que “mataram” o irmão mais velho de um dos suspeitos. O incidente aconteceu no dia 26 de agosto de 2018.

Por: Redação 

One comment

  1. Bacari disse:

    Os melhores condições deles e isso para prisao ate morte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa