Eleições legislativas : JOMAV PEDE A PARTIDOS O CUMPRIMENTO DO PACTO DE ESTABILIDADE E CÓDIGO DE CONDUTA ELEITORAL

O Presidente da República, José Mário Vaz, pediu esta quinta-feira, 14 de fevereiro 2019, aos partidos políticos para cumprirem na íntegra o pacto de estabilidade política e social bem como o código de conduta eleitoral hoje assinados pelas formações políticas guineenses. O pacto de estabilidade política e social foi assinado por 25 partidos políticos legalmente constituídos. Porém, o código de

Relatório: SECRETÁRIO-GERAL DA ONU PREOCUPADO COM “FRAGIL” SITUAÇÃO NA GUINE-BISSAU

O secretário-geral da ONU, António Guterres, continua preocupado com a situação “frágil” da Guiné-Bissau, salientando que a desconfiança entre atores políticos e as “manobras políticas” continuam a dificultar o processo eleitoral. “Apesar dos progressos iniciais realizados entre abril e junho de 2018, incluindo a nomeação de um primeiro-ministro de consenso e a formação de um governo amplamente representativo, a situação

PRIMEIRO-MINISTRO ORDENA A PUBLICAÇÃO NO BOLETIM OFICIAL DA LEI DA CARREIRA DOCENTE

O Primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes, ordenou esta quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019, a publicação ‘imediata’ no Boletim Oficial dos Estatutos da Lei da Carreira Docente. A decisão da publicação a que a redação do Jornal O Democrata teve acesso foi tornada pública através do despacho nº 08 do Gabinete do Chefe de executivo e assinado por ele mesmo. A

Director de Campanha: “PRS NÃO ESTÁ CONTRA O PACTO DE ESTABILIDADE POLÍTICA, MAS É PRECISO CLARIFICAR O RECENSEAMENTO ELEITORAL”

O Director Nacional da Campanha Eleitoral também um dos vice-presidentes do Partido da Renovação Social (PRS), Orlando Mendes Veigas, advertiu esta quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019, que o seu partido (PRS) não está contra o Pacto de Estabilidade Política e Social e o Código de Conduta e Ética Eleitoral propostos pela Sociedade Civil, mas que é preciso clarificar o

Figura de Semana

Edição Impressa