African Open Dakar’2019: JUDOCA TACIANA BALDÉ CONQUISTA MEDALHA DE OURO PARA A GUINÉ-BISSAU

A rainha de Judo africano e várias vezes campeã africana na sua categoria, Taciana Lima César, conquistou ontem (sábado) uma medalha de ouro no jogo de “Dakar African Open 2019”. Outro atleta nacional, Diogo César, conseguiu para o país a medalha de Bronze.

Nesta terceira edição de “African Open Dakar” que se realiza na capital senegalesa nos dias 16 e 17 de novembro, participaram 159 atletas vindos de 37 países de três continentes [África, América e Europa].

O anúncio da conquista de duas medalhas para a pátria de Cabral no “African Open de Dakar”, foi feita pela própria atleta, Tacina Lima César, através da sua conta pessoal (Facebook), onde começou por mostrar-se “grata por tudo quanto tem vivido”, tendo confessado ainda que “não tem sido fácil”. 

“Obrigada a todos que me ajudaram em um dia de muito controlo emocional, isso foi de loucos. Obrigada a Secretaria de Estado da Juventude e Desporto pelo apoio para que nossa participação fosse possível”, reconhece.

Taciana Lima César [Taciana Baldé] de 35 anos, conquistou em abril último, o sexto título de Campeã Africana de judo, na categoria [-52 kg], na Cidade de Cabo, África do Sul. Na mesma competição africana de judo, o marido da Taciana, Diogo César, conquistou a medalha de Bronze pela Guiné-Bissau.

Por: Redação

O Democrata/Ogologb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa