2ª Volta das presidenciais: CADOGO JÚNIOR DECLARA APOIO A ÚMARO SISSOCO EMBALÓ

O candidato independente, Carlos Gomes Júnior (Cadogo) declarou na tarde deste sábado, 30 de novembro de 2019, o seu apoio político ao candidato do Movimento para a Alternância Democrática (MADEM-G 15), Úmaro Sissoco Embaló durante a segunda volta das eleições presidenciais agendadas para o próximo dia 29 de dezembro. Gomes Júnior disse acreditar que com o apoio de todos, Úmaro Sissoco Embaló é capaz de resgatar a Guiné-Bissau do estado de conflitualidade e de pobreza acentuada em que se encontra.

Cadogo Júnior, como é conhecido na praça pública concorreu como independente a primeira volta das eleições presidenciais realizadas no passado dia 24 de Novembro e obteve 14.766 (catorze mil e setecentos sessenta e seis) votos correspondentes a 2,66 por cento. A declaração de apoio de Carlos Gomes Júnior ao candidato do MADEM-G15, foi marcada pela assinatura de um acordo político lido por Maria da Concessão Évora, no qual a candidatura de Carlos Gomes Júnior compromete-se a desenvolver ações de campanha política por meio das suas estruturas, a favor do candidato Úmaro Sissoco Embaló.

Segundo o documento, a candidatura de Cadogo Júnior compromete-se igualmente a trabalhar conjuntamente com a directoria da campanha de Sissoco na organização e desenvolvimento de outras tarefas que se revelarem necessárias para a mobilização dos eleitores. O documento informa ainda que a candidatura de Sissoco Embaló responsabiliza-se pelo fornecimento de meios logísticos, materiais e financeiros indispensáveis à realização da campanha eleitoral.

Na sua comunicação, Carlos Gomes Júnior disse que o seu apoio é sem reservas e que o mesmo representa o seu desejo de ver a magistratura suprema entregue a alguém, que no seu entender, pode unir os guineenses para os grandes desafios. Sublinhou neste particular que mais uma vez a sua consciência lhe guiou para apostar em mais um jovem, tal como fez ao longo da sua carreira política.

“Neste momento, o país precisa de se reencontrar e pôr fim às divergências, marcadas por profundas divisões políticas, que chegaram ao ponto de ameaçar a coesão social e familiar! O poder não pode valer tanto”, advertiu o ex-Primeiro-Ministro e antigo líder do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC).

“Não preciso provar a minha profunda ligação ao PAIGC, partido que dirigi durante 12 anos, bem como a minha ligação afectiva a todos os seus militantes. Mas todos conhecem a história do meu relacionamento com a actual direcção”, lamentou para de seguida, acrescentar que Umaro Sissoco Embaló é aquele que nas circunstâncias atuais, melhor pode aglutinar sinergias para tirar o país da situação em que se encontra, por isso apela todos os seus apoiantes e ao povo guineense em geral para votarem massivamente no candidato Úmaro Sissoco Embaló.


Por: Assana Sambú
Foto: A.S

5 comments

  1. Júnior está sonhando tardiamente, se a sua aposta é desde sempre apoiar os mais jovens não fazia sentido de gastar tanto na campanha e finalmente conseguir aquele saldo de votos, ou melhor a partida é que devia aderir projecto do Umaro Sissoco Embaló.

    Ainda apela a coesão entre os guineenses sem fazer contato que não consegui promover a coesão no seio do partido que dirigiu durante 12 anos e preferiu avançar como candidato independente.
    Disse que vai pedir suas estruturas de apoio e povo em geral para entregar a magistratura do país ao Sissoco Embaló. Mas não fez de contato que o seu saldo de 2% não alteram quase nada no resultado do DSP. E se calhar aquilo cairá para 0,1% porque os que votaram nele podem ter outra preferência.

    • Mbalo Garandi disse:

      Observação tão medíocre.
      Nem um anencéfalo faria algo melhor que isto, essas vossas alucinações, delírios e obcessividade compulsivo pela imagem do DSP é de se preocupar.

      Não percebes que quem votou em Carlos Gomes Junior e Jomav na primeira são pessoas que de forma alguma não votariam no DSP te garanto isso com menos de 5% a favor do teu candidato.

  2. Alia Queita disse:

    Obrigado ñu cadoco a final o povo abrir os olhos e repararem a situação que se encontravam em Bissau ,viva Usb homem de paz…

  3. Delgado disse:

    Oh Cadogo os tempos mudaram.
    Pois é, vocês só sabem viver no poder.
    Quando vos tiraram o biberão, não param de chorar.
    Agora é chorar no regaço do Umaro
    Talvez ele te dê teta.

  4. Secundino Silva disse:

    Exmo. Sr. Cadogo, infelizmente Você perdeu a noção do estado e está a juntar-se aos outros que não têm noção de estado e que so querem o poleiro para acabar com a Guiné.
    O povo Guineense na altura certa, saberão a quem entregar os seus votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa