1.ª reação: PRESIDENTE ELEITO PROMETE ESTENDER MÃO A TODOS OS GUINEENSES PARA “BATIZAR UMA NOVA GUINÉ”

O recém eleito Presidente da República, Úmaro Sissoco Embaló prometeu estender mão a todas as competências guineenses para batizar uma nova Guiné-Bissau. Embaló que falava aos jornalistas naquela que é a sua primeira declaração, depois da divulgação de resultados provisórios esta manhã pela Comissão Nacional de Eleições que lhe deram vitória com 53,55 por cento contra 46,45 do seu adversário, Domingos Simões Pereira.

Umário Sissoco Embaló garantiu ainda na sua declaração que será um Presidente da República que vai promover a concórdia nacional e rigor.  

“Aos cidadãos guineenses se houver um probelma devemos nos sentar numa mesa para dialogar. Somos uma república soberana e independente. Os nossos amigos da CEDEAO, União Africana, Nações Unidas, União Europeia, somos parceiros e membros de pleno direito em algumas destas organizações. Não há Estado pequeno. Existe, sim, países pequenos, mas todos os Estados são iguais”, advirtiu o novo Chefe de Estado guineense, que entretanto, disse que vai ouvir os conselhos dos guineenses.

Embaló disse que a partir de hoje há uma nova página no país, tendo assegurado que vai refundar um novo Estado.

“Este país estava no chão! Eu não vou julgar ninguém como responsável, mas tenho que tirar o país desta situação em que se encontra, em colaboração com os guineenses e depois o resto vem a reboque”, enfatizou.

Questionado se já falou com o candidato derrotado, Umáro Sissoco Embaló foi tácito.

“Para mim tudo são águas passadas. Eu não posso excluir Domingos Simões Pereira, porque 46 por cento da população guineense votou nele. Tenho que trabalhar para que os 46 por cento dos eleitores guineenses que votaram nele se sintam que também  que sou candidato deles. É por isso que eu digo na Guinié-Bissau, serei um presidente de uma geração de concreto e da concórdia nacional”, assegurou o presidente eleito.   

Por: Assana Sambú

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.