Eleições na FFGB: MANELINHO AVISA QUE SERÁ UM EXTRA SELVAGEM CONTRA GOVERNO QUE NÃO APOIAR FUTEBOL

O assumido candidato à liderança da Federação de Futebol da Guiné-Bissau(FFGB), Manuel Irênio Lopes Nascimento, advertiu que será “um extra selvagem” contra qualquer governo que não apoie o futebol guineense.


Irênio Lopes Nascimento fez essa advertência durante o lançamento da sua candidatura à liderança da Federação de Futebol, em São Domingos, região de Cacheu, norte da Guiné-Bissau, no qual afirmou que a prioridade do seu próximo mandato será investir na construção de novos complexos desportivos, centros de formação, sobretudo nas regiões, para permitir que o desporto nacional evolua e garantir que os clubes possam ser autónomos.

O presidente cessante da Federação e que concorre à própria sucessão, frisou que a sua próxima liderança à frente da Federação será inclusiva e garantirá que o bolo orçamental seja uma realidade
 
Manelinho prometeu criar um gabinete para os jornalistas desportivos, onde terão acesso a assuntos que devem ser anunciados ao público desportivo, bem como a formação e a capacitação de jornalistas desportivos. 

Contudo, afirmou que se um dia cometer erros que esta classe seja ousada em apontar as suas falhas.

Em reação, a presidente do clube de São Domingos, Paula Correia, apelou ao Manilinho que, se for reeleito, que tome em consideração as necessidades do seu clube que depara com vários problemas, sobretudo o de deslocações.


De regresso à Bissau, Lopes Nascimento fez um paragem na Academia de Ingoré para se inteirar da situação do clube local.

Manelinho foi eleito pela primeira vez em 2012 para um mandato de quatro anos e reeleito em 2016 para um mandato por igual período.

À procura de um terceiro mandato, Manuel IrênioLopes Nascimento teve de percorrer 120 quilómetros para pedir mais um voto de confiança ao clube Tigres de Fronteira de São Domingos e Academia de Futebol de Ingoré, prometendo chegar a todos os clubes que compõem a Federação Nacional de Futebol, com as palavras de ordem “união dentro da federação e na sociedade para o desenvolvimento do futebol guineense”.




Djamila da Silva
Foto: D.S

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa