COVID-19: AUTORIDADES SANITÁRIAS REGISTARAM 359 RECUPERADOS 111 NOVOS CASOS E UM ÓBITO

O presidente do Instituto Nacional de Saúde (INASA), Dionísio Cumba anunciou ontem, 03 de julho de 2020, que de 29 de junho a 02 de julho, 359 casos foram recuperados, 111 novas infeções e um óbito por COVID, totalizando 1765 casos positivos na Guiné-Bissau dos quais 670 recuperados, 25 óbitos e 1070 ativos.

Esses dados estatísticos foram revelados durante a apresentação bissemanal do boletim sobre a evolução do coronavírus na Guiné-Bissau.

Dionísio Cumba explicou que foram analisadas 283 novas amostras no laboratório montado na Universidade Jean Piaget, das quais 111 resultaram positivo, 84 são do sexo masculino e 27 do sexo feminino e 172 testaram negativo.

O cirurgião que também dirige o Centro de Operações de Emergências em Saúde (COES) disse que o novo óbito era uma gravida de 22 anos de idade que teria testado positivo há dias, mas que acabou por falecer no centro hospitalar de Bafatá, durante uma consulta de rotina. A análise foi realizada pos-mortem. Com essa morte, a região de Bafatá regista o primeiro óbito por Covid-19 confirmado pelas autoridades sanitárias.

A região de Tombali, sul do país, que até à última atualização não tinha nenhum caso, registrou o seu primeiro caso de coronavírus, concretamente em Cacine.

De acordo com o boletim, a infeção atingiu quase todas as regiões. Apenas as regiões de Quinará e de Bolama/Bijagós, ambas nsul da Guiné Bissau, não registaram ainda nenhum caso de infeção .

“No total, há 1.064 casos ativos no país. O setor Autónomo Bissau tem 1.027 casos ativos, a região de Biombo 35, Cacheu 18, Bafatá 10, Oio 10, Gabú02 e Tombali 01.

Dionísio Cumba revelou que atualmente estão internadas 30 pessoas infetadas pelo vírus, 16 no hospital Nacional Simão Mendes, 9 no hospital de Cumura e 05 no hospital pediátrico ” São José” de Bôr.


Por: Epifânia Mendonça
Foto: E.M

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa