DEGRADAÇÃO DA ESTRADA ISOLA POPULARES DE SÃO DOMINGOS, SUZANA E VARELA

O estado avançado de degradação da estrada que liga São Domingos, Suzana e Varela deixa os populares daquela zona norte num isolamento total e precisa de uma intervenção e reabilitação, de acordo com os populares ouvidos pela nossa reportagem.

A estrada está numa situação complicada a vários anos, mas as fortes chuvadas que caíram este ano aumentaram a degradação do troço, bloqueando os populares da zona. 

Devido a essa situação, as viaturas que faziam transporte naquela estrada decidiram não transportar pessoas e esperar até que a estrada seja melhorada, o que deixa os populares sem poder circular nem evacuar os seus produtos para São Domingos ou para Bissau.

Durante uma viagem na quinta-feira 15 de outubro de 2020, de 7 horas do tempo, o repórter do semanário viu algumas pessoas que queriam viajar de São Domingos para Suzana, mas não conseguiram transporte, porque, por dia, apenas uma viatura arrisca a viagem e transporta passageiros com a esperança de chegar o destino.

Os passageiros pagavam 750 francos CFA de São Domingos para Suzana no período da seca, mas hoje considerando o estado de degradação da estrada devido às chuvas, passou a custar 2500 francos CFA. As motorizadas cobram 10 mil por passageiro, o que acaba por mexer com os bolsos dos populares que, ainda assim, não conseguem fazer chegar os seus produtos ao  mercado.

Uma passageira revoltada com a situação que pediu anonimato, apelou ao atual governo para resolver essa situação o mais rápido possível, e tirar ps populares daquela zona do isolamento em que estão metidos há vários anos, principalmente nesse período da chuva.

Por: Aguinaldo Ampa

Foto: A.A

One comment

  1. Caetano Arbista Djata disse:

    Faz muita pena olhar para esse povo trabalhador e que muito menos goza de seus direitos cidadanial,visto que, durante muitos anos e em dezenas de governos que já foram, todos lá vão só procurar os votos e depois esquecer as promessas hipócritas que sempre fazem com seus eleitores. Eu sou de opinião que os cidadãos desta área saiam de suas zonas de conformismo e que sejam eles mesmo a decidirem os seus destino em fazer escolha certa nas eleições, porque se não,o sistema de desprezo privalecerá enquanto que, as regiões de província Leste continuarão ser das prioridade para os governantes o que não deveria continuar, qualquer guineense ou grupo de guineenses em qualquer que seja porção do território nacional deve se sentir cidadão com mesmo direito a outra, uns não podem estar a beneficiar e outros a mesquinhar! Os deputados que se elegiam nesta zona, foram sempre tão quão marionetes que não agem por iniciativa e nunca souberam dar contas, ao menos umas palavras já dirigiam nas plenárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa