NOVO PRESIDENTE DA FFGB PROMETE TRABALHO, TRANSPARÊNCIA E DEDICAÇÃO

O novo presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), Carlos Mendes Teixeira “Caíto”, prometeu “trabalho, empenho, transparência e dedicação” para mudar o paradigma do futebol nacional nos próximos 4 anos a frente da direção.

“O novo comité executivo a ser instituído apenas promete trabalho, empenho, transparência e dedicação, na esperança de que se assim for o resultado vai aparecer e o nome da Guiné-Bissau será sempre referenciado entre os melhores no futebol”, afirmou Carlos Mendes Teixeira “Caíto”.

Discursando na cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da FFGB, esta quinta-feira, 15 de outubro de 2020, num hotéis de Bissau, Mendes Teixeira, diz que a nova direção do órgão vai ter que dar atenção particular ao processo de relançamento e fomento de futebol nas camadas jovens no país.

Vulgarmente conhecido entre amigos por “Caíto”, o novo presidente da FFGB, anunciou também que a instituição vai trabalhar na melhoria e alargamento do quadro competitivo das provas oficiais.

Mendes sustentou ainda que a federação vai incentivar e desenvolver mais a prática do futebol feminino, futebol de salão, futebol de praia, futebol para veteranos e dedicar uma atenção particular à questão das infraestruturas do futebol na Guiné-Bissau.

“Na minha conceção, é inadmissível continuarmos a ter o atual quadro o futebol sem campos condignos e clubes e associações sem espaços próprios”, disse.

“De forma imediata, vamos entabular os contatos necessários com todos os parceiros da FFGB, nomeadamente FIFA, CAF e Executivo, no sentido de traçarmos novo quadro de cooperação estratégica para, num curto espaço de tempo, iniciarmos a construção de infraestruturas para o nosso futebol”, vincou.

No capítulo de melhorar as condições das associações do organismo, Caíto diz que vai trabalhar para arrancar uma sede que albergue todas as associações ligadas ao futebol, para que tenham um espaço condigno para desenvolverem as suas atividades em prol do futebol nacional.

A cerimônia de posse foi assistida por vários membros do atual governo, entre os quais o ministro das Obras Públicas, Fidélis Forbs, a ministra da Mulher, Família e Solidariedade Social, Maria da Conceição Évora e o secretário de Estado da Comunicação Social, Conco Turé.

Na ocasião, Caíto disse que iria abrir conversações com o executivo no sentido de conceder passaporte de serviço aos presidentes dos clubes e associações ligados ao futebol.

Presidindo a cerimônia, o secretário de Estado da Juventude e dos Desportos, Florentino Dias, disse que cada renovar duma estrutura constitui novas oportunidades de fazer mais e melhor no tempo e circunstâncias de que se dispõe, mas longe de significar rutura com as conquistas até aqui conseguidas.

Segundo Dias, é um grande desafio para esta nova estrutura diretiva da FFGB consolidar os ganhos excecionais conseguidos e suplantar os obstáculos, acrescidas com a covid-19, para que possa cumprir fielmente a missão que lhe foi confiada pelo povo e governo, através das estruturas desportivas filiadas na federação.

A cerimônia de posse ficou marcada pela ausência do presidente cessante do órgão, Manuel de Nascimento Lopes.

Por: Alison Cabral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa