GOVERNO EXTINGUE AUTORIDADE REGULADORA DE COMBUSTÍVEL

O Governo da Guiné-Bissau extinguiu a comissão instaladora da Autoridade Reguladora do Setor dos Combustíveis, Derivados do Petróleo e do Gás Natural (ARSECO).

A decisão consta no comunicado do Conselho de ministros desta quinta-feira, 14 de janeiro de 2021, na posse do jornal O Democrata.

Em relação às madeiras apreendidas e estocadas, o plenário governamental deliberou-as perdidas a favor do Estado, dando a sua anuência para que a comissão interministerial para a gestão das madeiras estocadas prossiga e conclua os trabalhos até 31 deste mês, com a submissão do “competente” relatório ao plenário governamental para “efeitos de análise e aprovação”.

Lê-se ainda no comunicado que o Conselho de ministros deu também a sua anuência a que, “por despacho do primeiro ministro, seja autorizado o ministro das Finanças a definir critérios para nomeação e colocação dos diretores de Administração e Finanças em todos departamentos governamentais e nas estruturas personalizadas e tuteladas”.

Por: Tiago Seide

One comment

  1. Maria Martins disse:

    Desde 1956 que colaboro para ver uma Guiné livre e feliz infelizmente ainda näo consegui ram obter essa Victoria. Querería poder falar com o Presidente, 1o Ministro e outros responsàveis para lhes OFERECER a minha experiência de 81 anos de vida e luta por OS Direitos Humanos. A maior parte dos meus amigos sempre foram Guineenses como Areolino Lopes da Cruz (um martire) Carlos Gomes (Pai) Victor Monteiro,Fidelis P. Cabral de Almada (está sempre dentro do meu coraçäo) e muitos outros que fazem parte do meu album familiar. OS meus desejos de progressos. Adoraría que me enviassem notícias pois no País onde vivo nunca falam da Guiné Bissau. Pity✌

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa