PJ DETEVE TRÊS PESSOAS POR DESVIO DE SEMENTES DOADAS PELO SENEGAL

Três pessoas foram detidas na Guiné-Bissau por alegado envolvimento no desvio de sacos de sementes doadas pelo Senegal no âmbito da cooperação entre os dois países, anunciou hoje a Polícia Judiciária guineense.

“A PJ recuperou, numa operação levada a cabo nos dias 23 e 24, mais de quinhentos sacos de sementes que haviam sido doados pelo Governo do Senegal e extraviados por um grupo de jovens do Movimento Nacional de Apoio à Boa Governação”, refere no comunicado aquela força de investigação criminal.

Segundo a PJ, as sementes de arroz, amendoim e feijão foram doadas ao Ministério da Agricultura no âmbito da cooperação entre Bissau e Dacar e entregues depois àquela associação para serem distribuídas pelos agricultores.

“A operação culminou com a detenção de três dirigentes daquele movimento encarregados de proceder à distribuição das sementes”, salienta a PJ.
Os três dirigentes são suspeitos dos crimes de abuso de confiança, furto qualificado e burla.


In lusa

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.