PRESIDENTE DO PORTIMONENSE AMEAÇA DESPROMOVER BETO PARA EQUIPA SUB-23 DO CLUBE

O Portimonense instaurou um processo discutir ao jovem jogador guineense, Beto, através da sua direção executiva, por este ter recorrido às redes sociais para apelar que a equipa algarvia que milita na primeira divisão do campeonato português o deixasse sair.

A informação foi transmitida à imprensa portuguesa esta quarta-feira, 25 de agosto de 2021, pelo presidente da SAD do Portimonense, Rodiney Sampaio, na qual confirmou que o processo disciplinar vai terminar a 05 de setembro, mas admitiu a possibilidade de ser despromovido da equipa principal para a equipa sub-23.

“O jogador está com um processo disciplinar até 5 de setembro e até lá vamos resolver a situação dele. Se não resolvermos vai para a equipa sub-23”, afirmou Rodiney Sampaio.

Segundo o jornal Abola, na sequência da publicação ontem, terça-feira, nas redes sociais a pedir que o Portimonense o deixe sair, o clube impediu o avançado de treinar esta manhã.

Beto tem vindo a ser associado a vários clubes neste mercado de transferências, depois da boa temporada 2020/21, e recentemente o Portimonense recusou uma proposta dos italianos da Udinese, que levou o jogador a pedir para não jogar mais pelo clube algarvio.

Confrontado sobre a alegada proposta do clube italiano, o presidente explicou: “Essa grande proposta nunca chegou aqui ao Portimonense. Se tivesse chegado, teríamos reunido com os agentes, para falar. Mas no papel nunca chegou nada”.

O avançado de origem guineense, que nasceu em Portugal, tem mais dois anos de contrato com o Portimonense, mas afirma ter recebido “uma proposta muito boa”, razão pela qual pediu «oficialmente» para deixar o clube deixá-lo sair.

Embora esteja a “forçar a sua saída” do seu clube, Beto está blindado por uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros e o clube algarvio, disse que o jogador poderá sair se as propostas se aproximarem dos 20 milhões de euros (metade da cláusula de rescisão) ou 10 milhões, por metade do passe.

Num longo texto nas redes sociais, o avançado admitiu que “nunca pensou que fosse viver” o que está a viver e desfez-se em agradecimentos ao emblema algarvio. No entanto, o jogador de 23 anos diz que se “vê forçado a pedir oficialmente para sair”, acrescentando que recebeu uma proposta “muito boa”.

Depois de ter marcado 11 golos em 31 jogos na época passada, Beto leva dois golos esta época, o último dos quais na última jornada, diante do Tondela, quando marcou e não festejou.

Por: Alison Cabral

Fonte: Maisfutebol e Zerozero 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.