Mundial 2022: PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO DE FUTEBOL DIZ QUE A GUINÉ-BISSAU VAI LUTAR PELA QUALIFICAÇÃO

O presidente da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB), Carlos Mendes Teixeira “Caíto”, admitiu em Nouakchott, Mauritânia, que a seleção principal do país vai lutar para garantir o apuramento para o Campeonato do Mundo, a realizar-se em 2022 no Qatar.

“Nós vamos lutar por este objetivo, porque hoje em dia a Guiné-Bissau, pela estrutura que dispõe, pela realização que teve e pelos jogadores que tem de sobra, pode defrontar qualquer seleção, em qualquer circunstância.  O futebol que praticamos no passado não é igual ao de hoje”, disse.

O líder federativo guineense falava à imprensa ontem, 01 de setembro de 2021, no final do jogo da primeira jornada da fase de qualificação da zona africana entre a Guiné-Bissau e a Guiné-Conacri, realizado no Estádio Olímpico da Mauritânia, devido à interdição do recinto nacional.

Os “Djurtus”, como é conhecida a seleção nacional, iniciaram a fase de qualificação para o Campeonato do Mundo, com um empate por uma bola frente à Guiné-Conakry.

Embora os jogadores tenham realizado uma partida muito fraca durante a primeira parte do desafio, Mendes Teixeira, satisfeito, disse que a equipa esteve bem e  realçou o espírito do grupo orientado pelo selecionador nacional, Baciro Candé, que permitiu somar um ponto.

De referir que François Kamano, jogador da seleção da Guiné-Conacri, adiantou os forasteiros no marcador ao minuto oito. O avançado Joseph Mendes, aos 46, aproveitou uma hesitação dos centrais para empatar.

A Guiné-Bissau joga pela primeira vez a fase de qualificação para o mundial. Integra o grupo I, juntamente com  a Guiné-Conacri, o Sudão e o Marrocos. Marrocos recebe hoje no seu reduto a seleção do Sudão.

Por: Alison Cabral

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.