Guiné-Conacri: GOLPISTAS ANUNCIAM NA TELEVISÃO DISSOLUÇÃO DAS INSTITUIÇÕES E SUSPENSÃO DA CONSTITUIÇÃO

Os militares golpistas da Guiné-Conacri anunciaram a dissolução das instituições da República, a suspensão da Constituição e a criação de uma “Comissão Nacional da União e do Desenvolvimento – CNRD”.

O comandante das forças especiais que dirige a operação prometeu na sua mensagem na televisão um diálogo inclusivo para escrever uma nova Constituição.Contudo, resta saber se o resto do exército seguirá o apelo do coronel Doumbouya e se os confrontos realmente acabaram.

As forças especiais que dirigem a operação desde esta manhã, afirmam que controlam a capital, Conacri, exigindo a prisão/rendiçao do presidente Alpha Condé.

No início da manhã, deste domingo, 5 de setembro de 2021, houve forte tiroteio na península de Kaloum, nas imediações do palácio presidencial. A situação continua confusa.

O coronel Mamady Doumbouya, comandante das forças especiais do exército conacri-guineense que supostamente liderou a insurgência, fez uma comunicação na estação nacional, RTG.


ONU CONDENA GOLPE


O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, já condenou “veementemente” em um tweet “qualquer tomada de poder” na Guiné “à força de arma de fogo”. O Secretário-Geral da ONU também pediu a libertação “imediata” do presidente Alpha Condé.


Por: O Democrata/ RFI





 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.