Qualificação Mundial: “DJURTUS” CONFIANTES NA VITÓRIA FRENTE AO SUDÃO

A seleção principal de futebol da Guiné-Bissau, defronta esta terça-feira, 7 de setembro de 2021, a sua congénere do Sudão, no jogo a contar para a segunda jornada da fase de qualificação da zona africana para o Campeonato do Mundo a realizar-se no Qatar em 2022.

Depois do empate com a seleção da Guiné-Conacri na semana passada, as expetativas para o jogo frente ao Sudão estão em alta e a vitória é o principal objetivo colocado pelos Djurtus que participam pela primeira vez nesta fase da competição.

“Estamos confiantes e motivados, vamos fazer todo o possível para vencer a partida frente à seleção do Sudão”, disse Alfa Semedo, jogador ao serviço do Vitória de Guimarães de Portugal.

O médio defensivo internacional guineense, falava à imprensa desportiva nacional, no final da única sessão de treino de adaptação da seleção nacional em Cartum, capital do Sudão.

“Não conhecemos a equipa do Sudão, mas estamos preparados e motivados para defrontar qualquer seleção”.

O selecionador nacional, Baciro Candé, disse que os seus pupilos vão trabalhar no sentido de alcançar os três pontos frente ao Sudão e assumir provisoriamente a liderança da tabela classificativa com 4 pontos, uma vez que o jogo entre a Guiné-Conacri e Marrocos pelo mesmo grupo, foi adiado devido ao Golpe de Estado em Conacri.

“Será uma partida muito renhida, mas a nossa determinação é única : lutar pela conquista dos três pontos”, sublinhou Baciro Candé.

Segundo apurou a secção desportiva do Jornal O Democrata, Candé vai contar para este jogo com o defesa central da turma nacional, Marcelo Djaló. O internacional guineense não esteve no jogo frente à Guiné-Conacri porque estava a resolver um assunto relacionado com a sua transferência para o Boavista de Portugal.

As duas seleções vieram de resultados diferentes na primeira jornada da fase de qualificação, a Guiné-Bissau empatou com a Guiné-Conacri, somando um ponto da tabela classificativa, enquanto a seleção do Sudão perdeu por dois a zero diante do Marrocos.

Os vencedores dos 10 grupos que disputam o apuramento nesta fase (cada grupo tem quatro seleções) avançam para um ‘play-off’, que será disputado em março do próximo ano e em que serão apuradas as cinco equipas que vão representar a África no Campeonato do Mundo do Qatar.

Por: Alison Cabral 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.