Qualificação Mundial 2022: GUINÉ-BISSAU VENCE SUDÃO DO NORTE E ASSUME LIDERANÇA DO GRUPO I

A Guiné-Bissau conseguiu na noite de terça-feira, 07 de setembro de 2021, a primeira vitória na fase de qualificação da zona africana para o Campeonato do Mundo de futebol, a realizar-se no Qatar em 2022.

Os “Djurtus” deslocaram-se ao Sudão e venceram a seleção local por 4 a 2 na segunda jornada da competição, assumindo provisoriamente a liderança do grupo I, com 4 pontos, uma vez que outro jogo do mesmo grupo entre a Guiné-Conacri e o Marrocos foi adiado pela Confederação Africana de Futebol (CAF).

Na partida que iniciou às 21h00 local e 19h00 de Bissau, os “Djurtus” dominaram os primeiros 45 minutos e fizeram três golos. O extremo internacional guineense, Piquete Djassi foi a figura do jogo, marcando dois dos três tentos da partida no Estádio Olímpico de Cartum, capital do Sudão.

Djassi abriu ativo nos minutos iniciais do jogo, após um grande trabalho de Frédéric Mendy, com envolvimento de Jorginho. Dois minutos depois, o avançado do Vitória Setúbal, Frédéric Mendy ampliou o marcador, depois do cruzamento de Piquete Djassi na esquerda.

A passagem de 25 minutos o Sudão equilibrou a partida, mas sem grandes argumentos, fazendo dois remates aos 28 e 30 minutos. Aos 38 minutos Djassi voltou a marcar pela Guiné-Bissau, fazendo três a zero, após passe de Nanu pela direita.

Com grande exibição dos jogadores, Djassi, Jorginho, Mendy, Morreto Cassamá e Alfa Semedo, a seleção nacional terminou a primeira metade do desafio em vantagem.

Na segunda parte, a equipa técnica da seleção do Sudão fez algumas alterações táticas a equipa, melhorando bastante o seu jogo  e dominou os Djurtus na segunda parte  criando várias ocasiões de golo.

Aos 55 minutos, o Sudão reduziu para 3 a 1, por intermédio do seu número 10 – Abdel Rahmam, após a perda de bola do meio campo da seleção da Guiné-Bissau.

Baciro Candé percebeu a quebra do rendimento da sua equipa, fez três alterações na equipa, substituindo Moreto Cassamá, Frédéric Mendy e Piquete Djassi, por  Alexandre Mendy, João Jaquité e Mama Baldé. Após essas alterações táticas promovidas, houve equilíbrio na partida.

Nos minutos finais da partida foram apontados dois golos. Aos 82 minutos os Djurtus fizeram o seu quarto golo, através de Mama Baldé, e 90+ 2  Abdel Rahmam voltou a marcar pelo Sudão. Com este triunfo a seleção nacional soma 4 pontos após o cumprimento da segunda jornada.

Na primeira jornada da fase de qualificação para o mundial, a Guiné-Bissau empatou a uma bola frente à Guiné-Conacri na semana passada. Enquanto Marrocos venceu o Sudão por 2 a 0.

A terceira jornada e quarta fase de qualificação será em outubro. A Guiné-Bissau visita a seleção Marroquina no dia 06 e recebe a mesma seleção no dia 10. Devido à interdição do Estádio Nacional 24 de setembro em Bissau, o jogo realiza-se-à fora do país.

Por: Alison Cabral 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.