Figura da semana: ARTIGO DE INVESTIGAÇÃO DA LAÉRCIA INSALI ESTÁ ENTRE QUATROS MELHORES DOS PALOP

O artigo de investigação  da jovem jornalista guineense, Laércia Valeriana Insali,  foi selecionado pela Fundação Thomson Reuters como uma das melhores peças de investigação  a nível dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa(PALOP).

Thomson Reuters é uma multinacional  de meios de comunicação e informação fundada no Canadá. É a primeira vez que a Guiné-Bissau concorre com um artigo de investigação à Thomson.

Para além da Guiné-Bissau, foram selecionados também artigos de Angola, Moçambique e Cabo Verde. Os artigos de investigação selecionados serão depois publicados nos órgãos de comunicação dos Estados-Membros dos concorrentes.

O artigo de investigação da jornalista de 22 anos da Mídia digital “Cabeça aos Pés ” – Guiné-Bissau (Cap-Gb) relata os fluxos financeiros ilícitos sobre a perda ilegal da economia da Guiné-Bissau, na exportação clandestina da castanha de cajú.

Depois de ter sido selecionado o seu artigo, a jornalista beneficiou de uma formação, online, de quatro meses pela Thomson Reuters, tendo-lhe  sido atribuído um certificado de jornalismo investigativo e uma subvenção.

BIOGRAFIA

Laércia Valeriana Insali nasceu a 22 de janeiro de 1999 em Bissau. É estudante de 4° ano do curso de Comunicação Organizacional e Jornalismo pela Universidade Lusófona da Guiné.

Insali é atualmente jornalista e editora-chefe da Mídia Digital CAP-GB, órgão que ajudou a criar. É produtora e apresentadora da rubrica “Fala das Meninas”, que tem como objetivo dar voz às meninas e promover debates ligados à causa feminina.

Em 2018, Laércia Valeriana Insali  exerceu funções profissionais como estagiária na rádio Bombolom por um período de três meses.

Em maio de 2021 foi-lhe atribuído o certificado de jornalismo comunitário, pela Rede de Educação Yali do governo americano.

Por: Djamila da Silva

1 comentário

  1. Laercia, muito obrigada pelo o teu empenho nessa iniciativa. Foi muito bom de saber que algo de investigacao sobre o nosso recurso esta acontecendo porque as maioria das coisas foram varidas debaixo de carpete. Voce tem o meu total suporte acerca disso. Eu oro para que o senhor lhe conceda mais a sabedoria e muita forca na sua funcao.
    Os Guineenses concientes estao juntos contigo. E mais uma vez muito obrigada

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.