Baciro Candé: “GUINÉ-BISSAU PRECISA DE SORTE PARA PASSAR A FASE SEGUINTE DO CAN”

O selecionador nacional de futebol, Baciro Candé, afirmou que os Djurtus precisam apenas de um “pontinho” de sorte para o triunfo frente à Nigéria, que garanta  um lugar nos oitavos-finais do Campeonato Africano das Nações (CAN2021), a decorrer nos Camarões.

Candé falava esta terça-feira, 18 de janeiro de 2022, no final da última sessão de treinos antes do jogo da terceira jornada da competição contra à Nigéria do grupo D, na qual reconhece a força do seu adversário.   

Mister Candé adiantou que os Djurtus vão trabalhar durante os 90 minutos regulamentares em busca de três pontos,  numa partida crucial para a permanência da seleção nacional na prova.

“A Nigéria é uma grande equipa e tem grande jogadores que todos nós reconhecemos,  mas a Guiné-Bissau vai continuar a fazer o seu trabalho para alcançar a outra a fase da competição”, frisou.

A Guiné-Bissau que vem de uma derrota na segunda jornada frente à seleção do Egito, por 1 a 0, no último sábado, precisa de vencer a Nigéria para fazer a história na competição.

Esta é a terceira participação consecutiva da Guiné-Bissau no CAN, mas os “Djurtus” nunca vencerem uma partida nessa fase, também nunca alcançaram o apuramento para a segunda fase da prova.

Apesar de ter feito  dois bons jogos nas duas jornadas, a seleção nacional não conseguiu fazer ainda nem sequer um único golo na presente edição do CAN.

Em curtas declarações, o jogador internacional, Jorginho Intima, disse que o grupo vai entrar com “garra e determinação” para alcançar a vitária frente à Nigéria. 

De acordo com à imprensa desportiva presente em Garoua no norte dos Camarões, a última sessão de treinos foi assistida pelo secretário de Estado da Juventude e Desportos, Florentino Dias.

Na sua mensagem, Dias encorajou os jogadores a trabalharem em busca dos três pontos.

No jogo desta quarta-feira, a Guiné-Bissau vai contar com muitos dos seus  jogadores que estavam infetados por Covid-19. Trata-se de Alfa Semedo, Nanú,  Mimito Biai e o selecionador nacional,  Baciro Candé.

O único jogador que continua  infetado  é o avançado Joseph Mendes.

A Nigéria, que no  sábado último bateu o Sudão por 3-1, lidera o Grupo D com seis pontos, seguida do Egito com três, da Guiné-Bissau com um, o mesmo que  o Sudão.

Por: Alison Cabral     

Author: O DEMOCRATA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.