“DJURTUS” RECEBEM INJEÇÃO DE 25 MILHÕES DE FCFA PARA ENFRENTAR BOTSWANA

SELECAO NACIONALOs jogadores da seleção nacional “Djurtus” vão entrar esta tarde no estádio nacional 24 de Setembro, por volta das 16 horas de Bissau para jogar contra a seleção de Botswana. Esta partida é referente à segunda mão da fase pré-eliminar do CAN 2015

Os rapazes orientados pelo técnico português, Paulo Torrres, segundo informações que O Democrata apurou, tinham ameaçado não entrar em campo para defrontar as “Zebras” de Botswana se não forem regularizados os seus subsídios de jogos anteriores. No entanto, o Governo reagiu às exigências dos futebolistas depositando 25 milhões de francos CFA, acrescido aos 20 mil Euros da contribuição do Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira.

Com esta resposta do executivo guineense, agora os “Djurtus” estão com o pensamento na forma como poderão eliminar as “Zebras” de Botswana, fazendo novamente a história no nosso mítico Estádio Nacional “24 de Setembro”.

Mesmo com as ausências de vulto de Sami e Zézinho, os comandados do técnico luso, Paulo Torres, mostraram-se unidos a volta de um único objetivo que é ganhar pelo número necessário para entrar na fase de grupos de apuramento da CAN 2015, no qual a seleção nacional precisa derrotar as “Zebras” pelo menos por três bolas sem resposta para fazer parte do grupo onde estão as seleções de Senegal, Egipto e a Tunísia.

Não obstante, a derrota da turma nacional em Gaberone por (2-0), a esperança de superar esta desvantagem está bem patente na mente dos jogadores, assim como de todos os guineenses, principalmente dos amantes do desporto-rei.

O número um dos “Djurtus”, Paulo Torres tem a sua disposição, os 19 jogadores convocados: Jonas Mendes, Alberto Coli, Edson, Ivanildo, Bata, Adul, Emiliano, Sana, Cícero, Califa, Igor, Lamine, Eridson, Anju, Braima, Bacar, Potche, Ansu e Rudi.

Recorde-se que o motivo das ausências de Zézinho e Sami tem a ver com o facto de este calendário não ser da FIFA, por isso, os clubes na são obrigados a dispensar os futebolistas para representarem as respetivas seleções nacionais.

Por: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa