CONHEÇA O PERFIL ACADÉMICO E POLÍTICO DOS MEMBROS DO GOVERNO DE ARISTIDES GOMES

Conheça o perfil académico e político do elenco governamental dirigido por Aristides Gomes. Este é um exercício jornalístico que o semanário O Democrata faz desde 2014, com o primeiro governo desta nona legislatura que conta já com sétimo executivos.

Ministros:  

AGNELO AUGUSTO REGALLA – Ministro da Presidência de Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares

 

Natural de Cossé (Ganadu/Leste). Cursou Jornalismo em França e fundou a estação de rádio “Bombolom FM”, uma das primeiras rádios privadas do país. Líder da União para a Mudança (UM). Foi um dissidente do PAIGC. Chegou a Secretário de Estado da Comunicação Social. Esteve no Ministério dos Negócios Estrangeiros, onde exerceu o cargo de Diretor-geral. Conhecido líder oposicionista, foi deputado pela UM no primeiro Parlamento multipartidário (1994/98) e Conselheiro de Comunicação e porta-voz do falecido Presidente Malam Bacai Sanhá, entre Setembro 2009 a Janeiro 2012. Esta é a terceira vez que entra para o governo nesta nona legislatura, depois de fazer parte do executivo de Domingos Simões Pereira, Carlos Correia (2014 a 2016). Foi nomeado esta vez para dirigir a pasta da Presidência do Conselho de Ministros e Assuntos Parlamentares.

 

JOÃO RIBEIRO BUTIAM CÓ – Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação e das Comunidades

Nasceu a 15 de outubro de 1975. Doutorado em Sociologia Económica e das Organizações pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa (ISEG/UTL – Portugal), em 2012. Investigador Sénior do INEP e Diplomata. Docente Universitário e Coordenador do curso de Sociologia e do departamento de Ciências Sociais e Humanos da Universidade Amílcar Cabral entre 2005/2008. Foi diretor-geral do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa da Guiné-Bissau (INEP), em 2015. Antes da sua nomeação, desempenhava a função do Oficial de Ligação e Coordenador de Mecanismo de Alerta Precoce, Prevenção de Conflitos e Segurança Humana da CEDEAO na Guiné-Bissau. Vai exercer a função do Ministro dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação Internacional e das Comunidades neste executivo.

EDUARDO COSTA SANHÁ – Ministro da Defesa Nacional

Nasceu no dia 15 de maio de 1952 em Komo, região de Tombali. Em 1976 fez o curso de instrutor de Comunicações na Escola Superior de Comando Moscovo. É jurista formado pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Passou como juiz do Tribunal Militar Superior (TMS) de 2005 a 2006. A 16 de Outubro de 2006 foi nomeado presidente do TMS pelo decreto-lei nº 15/06. É Major-General. Esta é a terceira vez que ocupa a função do ministro da Defesa Nacional nesta legislatura. Primeiro no executivo liderado por Baciro Dja, em 2015, depois no governo de Umaro Sissoco Embaló e desta vez no executivo liderado por Aristides Gomes.

MUTARO DJALÓMinistro do Interior

Indisponível!

 

ADIATU DJALÓ NANDIGNA – Ministra das Pescas

Dirigente do PAIGC. Nasceu no dia 06 de novembro de 1958, em Canchungo. Licenciou-se em Ciências Políticas pela Universidade de Havana (Cuba), em 1976/1982. Fez o curso de Gestão, Administração Económica e Financeira no Centro Internacional de Formação (OIT), em Turim (Itália), em 1996/1998. Fez igualmente o curso de Gestão de Qualidade no Centro Universitário de Tecnologia Alimentar PISCA TAWAY em New Gersey (Estados Unidos de América), em 2000/2001. Desempenhou várias vezes funções ministeriais desde 2004, no executivo liderado por Carlos Gomes Júnior. Em 2008/2010, desempenhou a função da Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação Internacional. Em 2010/2012, Ministra da Presidência do Conselho de Ministros Comunicação Social e Assuntos Parlamentares. No ano de 2014 desempenhou a função da Conselheira de Assuntos Políticos e Diplomáticos do Presidente da República José Mário Vaz. Ocupou a pastada Defesa Nacional do governo de Carlos Correia, desta foi chamada para ocupar a pasta das Pescas.

ANTÓNIO SERIFO EMBALÓ – Ministro da Energia, Indústria e Recursos Naturais

Nasceu a 5 de maio de 1963 em Pitche, região de Gabú. Em 1993 licenciou-se em Economia do Turismo pelo Instituto Superior de Economia de Vama, em Bulgária. De 2009 a 2011 desempenhou as funções do presidente da Comissão Especializada da ANP para Assuntos Económicos e Financeiros, Plano, Comércio e Indústria. De 2006 a 2008 desempenhou várias funções entre as quais ministro da Saúde Pública, Secretário de Estado do Comércio, Indústria e Artesanato, ministro de Comércio e Artesanato. Em 2012 foi nomeado diretor-geral da empresa PETROGUIN. Fluente em português, Búlgaro e francês. Baldé esteve presente em todos os governos desta legislatura conturbada, desde o primeiro executivo de 2014, onde ocupou a pasta do Comércio. Neste governo vai dirigir a pasta de Energia, Indústria e Recursos Naturais.

NICOLAU DOS SANTOS – Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural

Nasceu a 6 de novembro de 1963. Tem diploma de Mestrado em Agronomia, pelo Instituto de Agronomia de Kouban/Rússia (Ex-URSS), no ano 1986/1992. Dirigente do Partido da Renovação Social. Eleito deputado da Nação em 1999/2000. Voltou a ser eleito deputado na IX legislatura, em 2014. Foi Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República da Guiné-Bissau, acreditado na República Popular de China, Correia do Sul e Japão, em 2000/2007. Assessor do ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, para assuntos de Cooperação Internacional, em 2007/2008. Foi ministro de Agricultura, Transportes e telecomunicações, em 2013/2014. Nomeado para o cargo do Ministro da Agricultura, Floresta e Pecuária no governo de Umaro Sissoco Embaló. Vai ocupar agora a mesma pasta, que passa a ser denominada do ministério de Agricultura e Desenvolvimento Rural.

CAMILO SIMÕES PEREIRA – Ministro da Educação, Ensino Superior, Juventude, Cultura e Desporto

Nasceu a 27 de fevereiro de 1956, em Farim, região de Oio, norte do país. Fez a formação superior em medicina pela Universidade Estatal Maxim Gorki, Danietski, Ucrânia (Ex-URSS), em 1977/1984. Fez ainda a especialização na área de Cirurgia Geral, na mesma universidade, em 1986. É médico especialista, dirigente do PAIGC e membro do Comité Central e do Bureau Político. Ocupou algumas funções nos diferentes serviços do Hospital Nacional Simão Mendes e inclusive a do director-geral do hospital, entre 1994/1999. Consultor do Banco Mundial para elaboração do Plano Nacional de Desenvolvimento dos Recursos Humanos em Angola, em 2002. Professor Assistente de Cirurgia – Curso de Pós-graduação Médica. Desempenhou a função do ministro de Saúde, em 2008/2012. Vai ocupar a pasta da Educação, Ensino Superior, Juventude, Cultura e Desportos.

ARISTIDES OCANTES DA SILVA – Ministro dos Combatentes da Liberdade da Pátria

Nasceu em 23 de dezembro de 1966, em Bissau. Licenciado em Biologia de Organismos e Mestrado em Biologia de Populações e Ecossistemas, menção Ambiente do mesmo, pela Universidade de Ciências e Técnicas Paul Sabatier (UPS), Toulouse III, França. Foi Ministro quatro vezes: De 2005 a 2011 exerceu o cargo de Ministro dos Recursos Naturais, encarregue do Ambiente, Ministro da Educação Nacional, da Ciência e Culturae Ministro da Defesa Nacional. Desempenhou várias funções na estrutura do PAIGC. Exerceu a função do ministro do Estado da Presidência, do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares no executivo de Baciro Dja e ministro dos Combatentes da Liberdade da Pátria no governo de Sissoco Embaló, tendo sido chamado para desempenhar a mesma função neste governo.

VICTOR GOMES PEREIRA – Ministro da Comunicação Social

Nasceu a 7 de abril de 1953, em Cafine, Setor de Cubucaré Região de Tombali. Fez o curso intensivo do Jornalismo, Marketing, Publicidade e Talk Show na Televisão da Universidade Howard em Washington (Estados Unidos de América). Em 1981/1984frequentou o curso de Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa. 1989/1995 foi Jornalista e Pivô do Telejornal na RTGB. Em 2007/2009 foi diretor-geral da Comunicação Social. Dirigente do PRS, membro da Comissão Executiva e igualmente Porta-Voz do partido dos renovadores. Também é a terceira vez que Victor Pereira vai ocupar a função do titular da pasta de Comunicação Social, tendo ocupado primeira vez a mesma pasta no executivo de Baciro Dja, depois no governo de Umaro Sissoco Embaló. Desta vez no executivo de Aristides Gomes.

ANTÓNIO OSCAR BARBOSA – Ministro das Obras Públicas, Construção e Urbanismo

Indisponível!

 

MAMADÚ SERIFO JAQUITÉ – Ministro dos Transportes e Comunicações

Nasceu no dia 20 de abril de 1960. Formou-se como Técnico Superior em Hotelaria e Turismo no ITHT (Argélia), em 1983/1986. Quadro Sénior do ministério do Turismo. Dirigente do PAIGC e faz parte do grupo de dirigentes que apoia o Grupo dos 15 deputados dissidentes do PAIGC. Em 1988, fez o curso do aperfeiçoamento em Gestão Hoteleira no IRHT (França). Dirigiu várias unidades hoteleiras do país. Desempenhou várias funções Foi director-geral do Ministério do Turismo e Artesanato, em 2006/2008. Foi Secretário-geral da Presidência da República, em 2009/2011. Depois da morte do falecido Presidente Malam Bacai Sanhá, foi reconduzido para a mesma função pelo Presidente Interino, Manuel Serifo Nhamadjo, em 2012/2014. Antes da sua nomeação ocupou a função do Assessor Técnico Principal do ministro dos Transportes e Comunicações. Exerce agora o cargo do Ministro dos Transportes e Comunicações neste governo.

VICENTE FERNANDES – Ministro do Comércio,Turismo e Artesanato

Nasceu no dia 05 de abril de 1959, em Bissau. Em 1987 obteve a licenciatura em Direito, pela Universidade Clássica de Lisboa. Entre 1987 a 1988 fez a formação diplomática pelo Instituto de Relações Internacionais do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas. Fez a Magistratura Judicial pelo Centro de Estudos Judiciais de Lisboa, em 1989. Jurista e Advogado de profissão. Presidente do Partido da Convergência Democrática (PCD), reeleito no último congresso. Em 2014/2015 exerceu a função do Secretário de Estado do Turismo e Artesanato no governo do Eng. Domingos Simões Pereira. No governo de Carlos Correia, foi nomeado a exercer a função do Comércio e Indústrias. Voltou a ocupar neste executivo, a pasta do Comércio, Turismo e Artesanato.

MARIA INÁCIA CÓ SANHÁ – Ministra da Saúde Pública, Família e Coesão Social   

Nasceu a 25 de maio de 1968. Fez-Bacharel em Língua Portuguesa na Escola Normal Superior Tchico Té em Bissau  de 1989/92. 2001 -Curso de Criação e Gestão de Pequenas Empresas –  Praia Cabo-Verde. 2012 –Presidente do Instituto de Mulher e Criança. De 2006/ 2010  Diretora Geral da Solidariedade Social e Família. 1997/2000 – Chefe do Departamento de Informação e Orientação Profissional – DGTEFP – MFPT.1996/97 -Técnica do Emprego da Direcção Geral do Trabalho, Emprego e Formação Profissional (DGTEFP) – Ministério da Função Pública e Trabalho. Ocupou duas vezes a pasta da Secretária de Gestão Hospitalar nesta legislatura, depois foi promovida no seu partido para desempenhar, desta vez, a função da ministra da Saúde Pública, Família e Coesão Social, cumulativamente.

FERNANDO GOMES – Ministro da Reforma Administrativa, Função Pública e Trabalho

Nascido a 21 de dezembro de 1961 em Cacheu, norte do país. Militante e dirigente do Partido da Renovação Social. Formou-se na Economia no Instituto Superior de Economia em Kiev – Ucrânia (Ex-URSS), em 1986/1990. Fez igualmente o curso de formação superior no domínio de finanças portuárias em Havre – França, em 1996/1997. Em 1999/2002 foi o director administrativo e financeiro da Administração dos Portos da Guiné-Bissau (APGB). Chegou mesmo a desempenhar a função do diretor-geral dos Correios da Guiné-Bissau em 2002/2003, bem como a do diretor-geral da APGB, entre o ano 2003 a 2007. Desempenhou várias vezes funções ministeriais. Em 2008/2009 ocupou a pasta do ministro de Transportes e Comunicações. No governo de transição de 2012 desempenhou a função do ministro de Infraestruturas e por último ocupou o cargo do diretor-geral da INACEP (Imprensa Nacional, Ep). Neste executivo vai ocupar a pasta da Reforma Administrativa, Função Pública e Trabalho.

ESTER FERNANDES – Ministra da Administração Territorial  

Nasceu no dia 28 de abril de 1963, em Bubaque (região de Bolama). Fez a licenciatura em Direito – pela Faculdade de Direito de Bissau. Tem  Bacharelato em Direção e Gestão de Turismo – Instituto Superior de Hotelaria e Turismo de Estoril – Portugal. Fez o curso de Especialização em Gestão de Turismo e Hotelaria – Salzburg – Áustria. Foi diretora dos Serviços das Atividades Turísticas e Hoteleiras- Direcção Geral de Turismo. Antes da sua nomeação, desempenhava a função da diretora-geral da Administração do Território e Poder Local Ministério da Administração Interna. No Governo de Carlos Correia desempenhou o cargo da Secretária de Estado da Administração do Território e Poder Local. Desta vez vai dirigir a pasta da Ministra de Administração Territorial.

MAMADU IAIA DJALÓMinistro da Justiça e dos Direitos Humanos  

Mamadu Iaia Djaló de 55 anos de idade. Estudou no Ensino Superior Politécnico de Kaduna em Nigéria. Administrador e Gestor de Projetos. Trabalhou no Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), como Administrador Adjunto de Operações durante 15 anos. Presidente do Partido da Nova Democracia (PND), uma formação política que criou depois de ter deixado o Partido da Renovação Social (PRS). Desempenhou funções ministeriais várias vezes. Foi ministro dos Negócios Estrangeiros, da Cooperação Internacional e das Comunidades, em 2000/2001. Foi Conselheiro Político e Diplomático do falecido Presidente Koumba Yalá. Foi vice-presidente da Assembleia Nacional Popular, durante a VII Legislatura. Foi diretor-geral do Instituto Nacional de Segurança Social. Nomeado em 2014 como Conselheiro Especial de Assuntos Políticos do Presidente da República, José Mário Vaz. Djaló vai ocupar agora o cargo do Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos.

SECRETÁRIOS DE ESTADO:

JOÃO ALBERTO DJATÁ – Secretário de Estado do Orçamento e Assuntos Fiscais

Nasceu a 22 de fevereiro de 1973, em São Domingos, região de Cacheu, norte do país. Licenciou-se na área de Gestão Economica pela Universidade Bourguiba de Dakar, em 2007. Mestre em Gestão Economica, na área de Banco – Seguros e Finanças. Economista. Dirigente do PRS e membro do Conselho Nacional e da Comissão Política Nacional. Professor universitário do Curso de Contabilidade Financeira na Universidade Lusófona da Guiné. Sócio e Diretor Administrativo da Empresa “West Africa Financial Consulting”. Auditor Financeiro e Fiscal da Empresa Audi-Conta – Audit, S.A. Consultor Independente nas áreas de economia, gestão, finanças e fiscalidade. Foi Assessor Económico e Financeiro do Presidente da Câmara Municipal de Bissau, em 2017/2018. Vai desempenhar a função do Secretário de Estado do Orçamento e Assuntos Fiscais.     

HUMILIANO ALVES CARDOSO – Secretário de Estado do Plano e Integração Regional

Tem 59 anos de idade. Dirigente do Partido da Convergência Democrática (PCD) e um dos vice-presidentes do partido na direção de Victor Mandinga. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa da Universidade Clássica de Portugal. Jurista e Advogado de Profissão. Advogado e Consultor de várias empresas e Organizações Não Governamentais nacionais e internacionais. Foi também o advogado e administrador da Empresa Geta Bissau. Desempenhou a função do Secretário de Estado do Poder Local no governo de General Umaro Sissoco Embaló. Foi chamado mais uma vez para exercer a função do Secretário de Estado do Plano e da Integração Regional.

SULEIMANE SEIDI – Secretário de Estado do Tesouro

Nasceu no dia 10 de agosto de 1963, no setor de Quebo, região de Tombali. Militante e dirigente do PAIGC. Mestrado em Ciências Económicaspelo Instituto Superior de Economia e Comércio de DONETSK-Ucrânia (Ex-URSS) em 1984/1989. Quadro Sénior do Ministério das Finanças. Fez igualmente a Pós-graduação em Fiscalidade Internacional em 1991/1992, pelo Instituto de Finanças Públicas de TAIWAN (R.O.C), em colaboração com o “The Suthern Methodist University of Califórnia, USA”.Desempenhou várias funções a nível do Ministério da Economia e Finanças. Foi diretor-geral das Alfândegas, como também chegou a ocupar a função do diretor-geral das Contribuições e Impostos, entre 2010/2014. Ex-Comissário da Comissão Bancária da UEMOA para a Guiné-Bissau, entre 2015/2017. Vai desempenhar agora a função do Secretário de Estado do Tesouro no executivo de Aristides Gomes.

FLORENTINO FERNANDO DIAS – Secretário de Estado da Juventude, Cultura e Desporto  

Nasceu a 06 de janeiro de 1983. Faz parte dos militantes dos libertadores apoiantes do Grupo de 15 deputados dissidentes da fileira do PAIGC. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Bissau, em 2007. Pós-graduação em Direito Penal na Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa, em 2008. Jurista e Advogado de profissão. Membro Permanente e Fundador do Conselho do Trabalho e Diálogo Social da União Económica Monetária Oeste Africana (UEMOA). Membro e fundador do Instituto Politécnico Academus. Foi nomeado pela primeira vez como Secretário de Estado de Transportes e Telecomunicações no executivo de Baciro Dja, que durou apenas 48 horas. Desta vez foi chamado para exercer a função do Secretário de Estado da Juventude, Cultura e Desportos.

ANTÓNIO QUEBÁ BANJAI – Secretário de Estado das Comunidades

Nasceu a 13 de julho de 1967, em Gabú. Militante dos libertadores, onde iniciou desde a base passando pela JAAC. É membro do Comité Central do PAIGC. Formou-se em Sociologia pela Universidade Aberta em Roterdão (Holanda), em 1986/1989. Fez ainda a formação na área de logística na escola técnica industrial em Roterdão, em 1990/1991. Deputado na terceira câmara holandesa, como também trabalhou no Gabinete de assessoria do Ministério das relações internacionais de Holanda, em 2003/2005. E representou duas empresas petrolíferas no país, nomeadamente: Companhia Petrolífera Inglesa – Black Star; Companhia Petrolífera Inglesa – Impact. Empresário, Proprietário e Presidente do Conselho de Administração de Empresa “ELECTRO SOLAR”, em Gabú – Considerado ‘Pioneiro’ na introdução do sistema “Pré-Pago” para a Comercialização e venda da Energia Elétrica no país.

PAULETA CAMARÁ – Secretária de Estado da Gestão Hospitalar

Nasceu a 30 de junho de 1955, em Bolama, região de Bolama/Bijagós. Fez o curso de capacitação na especialidade de Secretariado, no Instituto Técnico de Formação Profissional. Estudou a língua inglesa em Banjul (Gâmbia), como também a língua francesa em Ziguinchor (Senegal). Dirigente e membro do Bureau Político e Comité Central do PAIGC. Eleita 1ª Secretária da UDEMU para o Setor Autónomo de Bissau. Foi diretora-geral da Fundação para Acção Social, em 2010. Em 2014, desempenhou a função da Conselheira do Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, para área social. Nomeada agora para exercer a função de Secretária de Estado de Gestão Hospitalar.

QUITE DJATA – Secretária de Estado do Ambiente

Nasceu a 27 de maio de 1958, em Mansoa, região de Oio, norte do país. Formou-se na área de Agronomia pela Universidade Karl Max /Leipzig, em Alemanha. Fez ainda a Pós-Graduação na área de Desenvolvimento Rural, em 1990/1991.Foi responsável do Programa de participação comunitária do Projeto “PADIR”. Trabalhou igualmente no Projeto “PROCOFAS”, Projeto de Mudança de Comportamento no domínio de Água e Saneamento. Foi assistente técnico de um Projeto Pós-Conflito financiado pelo Banco Mundial.Antes da sua nomeação exercia a função da Coordenadora do Programa Nacional do Comité Nacional para Abandono da Prática Nefasta na Guiné-Bissau. Vai agora desempenhar a função da Secretária de Estado do Ambiente.

JOÃO SAAD – Secretário de Estado da Energia

Nasceu a 11 de Outubro de 1956, em Bissau. Dirigente do PAIGC e membro do Comité Central. Fez o curso superior em Comando Electrónico e Automatismo de Empresas Industriais, pelo Instituto Superior do Politécnico de Leninegrado, na Faculdade de Técnica de Cibernética, em San Petersburgo – Rússia, em 1981/1987. Mestrado em Ciências de Engenharia, com a especialização em energia e indústria extractiva, em 1987. Desempenhou várias vezes funções de responsável técnico de muitas empresas. Foi director-geral do Bissau Hotel “Sheraton”. Foi assessor do Ministro da Energia, Indústria e Recursos Naturais, em 2009/2012. Consultor internacional para área de investimento e projeto, estudos para área de energia. Vai ocupar agora o cargo do Secretário de Estado de Energia.               

 

 

Por: Redaçao O Democrata

maio 2018

One comment

  1. Melo Fernandes da costa disse:

    SIM SENHOR, SEGUNDO PERFIS DOS APRESENTADOS, TODOS SABEM, NA REALIDADE TEM QUE ESTAR A FRENTE AQUELES QUE SABEM, AGORA É PÔR A VOSSA SABIDORIAS NO TERRENO COMEÇANDO POR CREAR BOAS INSFRAEDTRUTURA IDRICA I ELECTRICA NO PSÍS, ASSIM CREAR MUITO POSTOS DE TRABALHO, OS GUIGUIS COM OSSEUS IMPOSTOS AJUDARIA MUITO O PAÍS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa