Posted in África

Sequestrado no Sahel em 2018 : CIDADÃO ALEMÃO LIBERTADO COM AJUDA DOS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA MARROQUINOS

O cidadão alemão de 63 anos de idade, Jörg Lange, sequestrado no Sahel no dia 11 de abril de 2018, foi libertado a 8 de dezem… LER MAIS

Ler mais Sequestrado no Sahel em 2018 : CIDADÃO ALEMÃO LIBERTADO COM AJUDA DOS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA MARROQUINOS
Posted in África

REI MOHAMMED VI PRESIDE CERIMÔNIA DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA VERDE

O Rei Mohammed VI de Marrocos presidiu no sábado, 3 de dezembro de 2022, no Palácio Real de Rabat, à cerimónia de apresent… LER MAIS

Ler mais REI MOHAMMED VI PRESIDE CERIMÔNIA DE APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA VERDE
Posted in África Economia

Diretor Executivo de CACID: “ACORDO DE ZLECAF PERMITE INVESTIDORES AFRICANOS INVESTIR NA TRANSFORMAÇÃO DE CAJÚ DA GUINÉ-BISSAU”

O diretor executivo  do Centro Africano para o Comércio, Integração e Desenvolvimento (CACID), Cheikh Tidiane Diey… LER MAIS

Ler mais Diretor Executivo de CACID: “ACORDO DE ZLECAF PERMITE INVESTIDORES AFRICANOS INVESTIR NA TRANSFORMAÇÃO DE CAJÚ DA GUINÉ-BISSAU”
Posted in África

EX-PRESIDENTE JOMAV LIDERA MISSÃO DA UNIÃO AFRICANA ÀS ELEIÇÕES NA GUINÉ EQUATORIAL

O ex-presidente da Guiné-Bissau José Mário Vaz vai liderar uma missão de 53 observadores da União Africana (UA) às elei… LER MAIS

Ler mais EX-PRESIDENTE JOMAV LIDERA MISSÃO DA UNIÃO AFRICANA ÀS ELEIÇÕES NA GUINÉ EQUATORIAL
Posted in África

Rei Mohammed VI: “GASODUTO NIGÉRIA-MARROCOS REPRESENTA MAIS DO QUE UM PROJETO BILATERAL”

O Rei Mohammed VI de Marrocos disse que a iniciativa da instalação de Gasoduto entre a Nigéria e Marrocos representa mai… LER MAIS

Ler mais Rei Mohammed VI: “GASODUTO NIGÉRIA-MARROCOS REPRESENTA MAIS DO QUE UM PROJETO BILATERAL”
Posted in África

EX-PRIMEIROS-MINISTROS AFRICANOS PEDEM A EXPULSÃO DA “PSEUDO RASD” DA UNIÃO AFRICANA

Vários antigos primeiros-ministros e ex-chefes da diplomacia de diferentes países africanos, reunidos no Fórum Int… LER MAIS

Ler mais EX-PRIMEIROS-MINISTROS AFRICANOS PEDEM A EXPULSÃO DA “PSEUDO RASD” DA UNIÃO AFRICANA