GOVERNO AUTORIZA RETOMA DE VOOS REGIONAIS E INTERNACIONAIS A PARTIR DE 26 DE JULHO

O governo da Guiné-Bissau autorizou a retoma de voos regionais e internacionais em duas datas diferentes, 26 de julho em curso e  01 de agosto próximo, respetivamente.

A decisão saiu da reunião do Conselho de Ministros desta quinta-feira, 23 de julho de 2020, o qual deliberou que vai propor ao chefe de Estado, Umaro Sissoco Embaló, o prolongamento do estado de emergência por mais trinta dias, reforçar a campanha de sensibilização nos órgãos de comunicação social junto das populações e garantir que continuem a observar, com rigor, e sem baixar a guarda, as medidas determinadas pelas autoridades sanitárias e pelo Alto Comissariado para a Covid-19.

Na sequência das novas estratégias de combate à pandemia, o executivo anunciou que irá reforçar o controlo da circulação de viaturas interurbanas, no âmbito  das cercas sanitárias  em vigor, para evitar a propagação  da Covid-19 de uma região para outra.

Outro desafio do governo tem a ver com a execução, com maior rigor, das medidas de proibição de trasladação  de restos mortais,  quer do exterior para a Guiné-Bissau, quer de Bissau para o interior do país.

O plenário governamental aprovou, com alterações, o projeto do decreto do IV˚ recenseamento geral da população e habitação e protelou, depois de ter sido apresentado, a discussão  da proposta  de lei sobre as Parcerias Público-Privadas (PPP).

No capítulo das deliberações, o Conselhos de Ministros aprovou as propostas de condecoração de três embaixadores em fim da missão no país, nomeadamente, os embaixadores extraordinários  e plenipotenciários da República Popular da China, da República da Indonésia, e da República Federativa da Nigéria.


Por: Filomeno Sambú    

2 comments

  1. Suleimane mendes disse:

    Muito obrigado

  2. Muito obrigado pela informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa