JOVENS NÃO IDENTIFICADOS TENTAM VANDALIZAR SEDE DA FFGB, DIZ SECRETÁRIA-GERAL DA FEDERAÇÃO

A menos de 24 horas das eleições da Federação de Futebol da Guiné-Bissau (FFGB) para escolher o sucessor de Manuel Irénio de Nascimento Lopes “Manelinho”, um grupo de jovens não identificados tentou, esta terça-feira, 29 de setembro de 2020, vandalizar a sede daquela organização que dirige o futebol nacional, situada no alto Bandim, em Bissau.

A informação foi transmitida ao jornal O Democrata pela secretária-geral da FFGB, Virgínia da Cruz, na qual confirmou a detenção de quatros jovens assaltantes pelas autoridades policiais colocadas naquela instituição, desde segunda-feira, para manter a segurança do local onde vai decorrer à assembleia geral da FFGB nesta quarta-feira, 30 de setembro.

“Posso confirmar, em nome da FFGB que houve tentativa de vandalização da instituição por um grupo de jovens hoje. Apesar de alguns deles terem sido presos, outros conseguiram fugir depois das autoridades derem conta da situação”, explicou Virgínia da Cruz.

A secretária-geral da federação assegurou que, ainda assim, essa tentativa não vai comprometer a realização do congresso para se escolher  o novo presidente do órgão.

“Os guineenses podem ficar tranquilos. Amanhã haverá  eleições para escolher o novo presidente, porque a situação está totalmente controlada”, garantiu.

Os quatros jovens estão detidos na Esquadra da Polícia de Ordem Pública na Zona 7, em Bandim, onde serão ouvidos pelas autoridades.

Em relação ao protesto do coletivo dos candidatos à presidência da FFGB no que concerne ao local onde vai decorrer a assembleia geral, Virgina Cruz facultou ao Democrata, um documento assinado pela Alta Comissária para a Covid-19, Magda Robalo, no qual autoriza a realização da assembleia geral na sede da Federação de Futebol da Guiné-Bissau, no bairro de Alto Bandim.

Segundo as explicações de Cruz, a entidade exigiu o cumprimento das medidas de segurança que constam no decreto que regula o estado da calamidade, nomeadamente o uso de máscaras, o distanciamento social, a levagem frequente das mãos e aglomerações em números não superiores a 25 pessoas.

Os associados da FFGB são no total 44 entre clubes e associações.

A secretária-geral garantiu que serão criadas todas as condições necessárias na base das regras impostas pelo Alto Comissariado a fim de permitir que os associados participem no processo de votação.

O Democrata apurou que a Comissão Eleitoral vai organizar apenas o processo da votação amanhã (quarta-feira) numa sala e criar as condições para que a FIFA possa seguir, por meio de zoom, todo o processo. 

Com a desistência do candidato, Paulo Mendonça, agora concorrem à liderança da FFGB 5 candidatos, nomeadamente Carlos Teixeira (Caíto), António Patrocínio, Fernando Tavares (Bené), Mutaro Bari e Benelívio Cabral Nancassa Ínsali.


Por: Alison Cabral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa