“SOCIEDADE GUINEENSE ESTÁ CHEIA DE CORRUPÇÃO” – AFIRMA PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

O Procurador geral da República, Fernando Gomes, disse que a sociedade guineense está “cheia de corrupção”, afiançando que o Ministério Público vai ser o elemento que vai ajudar no combate à corrupção. Para que isso aconteça, disse Fernando Gomes, é preciso que os cidadãos colaborem, denunciando todos os atos de corrupção no país.

“Quer queiramos quer não, a sociedade guineense está cheia de corrupção. E nós vamos ser um elemento que vai tentar ajudar na luta contra a corrupção. Queremos aproveitar este microfone para lançar um apelo à colaboração de cidadãos. Cidadãos, façam denúncias! Se não quiserem se identificar, por favor, façam as denúncias anônimas contra todos os atos de corrupção! Sem a vossa colaboração, não podemos combater a corrupção” disse Fernando Gomes.

Esta quarta-feira, 14 de outubro de 2020, no ato da entrega de duas viaturas à comissão de recuperação de bens de Estado criada pela Procuradoria geral da República, Fernando Gomes disse que os magistrados estão “empenhados e dedicados” a mudar a face do Ministério Público e da sociedade guineense.

Por sua vez, o Primeiro ministro, Nuno Gomes Nabiam, afirmou que o lema do seu governo e do Presidente da República é o “combate sem tréguas contra a corrupção”, daí que o executivo vai continuar a apetrechar a procuradoria geral da República de meios e materiais, com vista a combater a corrupção, sublinhando que os serviços do Ministério Público estão parados, porém reconheceu a falta de meios e materiais que permitam os magistrados realizarem os seus trabalhos eficazmente.

Por: Tiago Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa