GOVERNO GUINEENSE APROVA PROJETO DE DECRETO DA CARTEIRA PROFISSIONAL DE JORNALISTAS

O governo aprovou, com alterações na quarta-feira, 18 de novembro de 2020, o projeto de decreto relativo à carteira profissional para os jornalistas da Guiné-Bissau.

Na reunião extraordinária do Conselho de Ministros, o Presidente da República, Úmaro Sissoco Embaló, avisa que, doravante, as propostas de promoções nos ministérios da Defesa e do Interior devem ser submetidas à “aprovação prévia” do Conselho Nacional de Segurança e do Conselho Superior de Defesa.

Lê-se ainda no comunicado que o aviso de Sissoco Embalo prende -se com a “imperiosa necessidade de disciplinar” o quadro de promoções em curso nos setores de Defesa e da segurança, de forma a assegurar não só a “competente cabimento de verbas” pelo Ministério das Finanças, mas também a observância dos critérios recomendados pelas instituições de Bretton Woods.

O chefe de Estado exortou, na reunião, o Ministro do Interior, Botche Candé, a “investigar e identificar” os pais e encarregados da educação das crianças, conhecidas como talibés, que, aparentemente, são enviadas para estudar o Alcorão no Senegal, mas que ali passam a vida na “mendicidade”, denegrindo assim a imagem do país.

Por: Tiago Seide

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa