Boletim semanal: GUINÉ-BISSAU REGISTADA 32 NOVOS CASOS DE COVID-19 E O NÚMERO DOS ACUMULADOS SOBE PARA 3.712

O secretário do Alto Comissariado para Covid19(AC), Plácido Cardoso, anunciou nesta segunda-feira, 19 de abril de 2021, que a Guiné-Bissau registou um aumento de 32 novos casos de Covid-19 e 73 recuperados. O que faz subir de 3.680 para 3,712 casos acumulados de coronavírus, dos quais 3.140 recuperados, 66 óbitos por Covid-19, 06 óbitos com Covid-19 e 498 casos ativos.  

Os dados foram avançados durante a habitual conferência de imprensa semanal sobre a evolução epidemiológica do coronavírus na Guiné-Bissau, na qual Plácido Cardoso revelou  que de 12 a 18 deste mês foram analisadas 1.459 novas amostras, das quais 32 resultaram positivas e foram reapreciadas 74 amostras.

Relativamente à distribuição dos 3.680 casos acumulados, o boletim indica que a região sanitária de Bissau registrou 3.177 acumulados, dos quais 2.745 recuperados, 40 óbitos por Covid-19, 4 com Covid19 e 388 casos ativos. 

A região de Biombo tem 150 casos acumulados, dos quais 137 recuperados, 10 óbitos por Covid-19, 2 óbitos com Covid-19 e 02 casos ativos. 

A região sanitária de Bafatá tem um total de  111 casos acumulados, dos quais 65 recuperados, 13 óbitos e 32 ativos. Na região sanitária de Gabú os números mantêm-se em 74 casos acumulados, dos quais 24 recuperados, um óbito e 49 casos ativos.

Cacheu também continua  com 70 casos acumulados, dos quais 56 recuperados, 1 óbito e 13 ativos. 

Na região de Quinara igualmente nada alterou, mantendo-se os números de casos em 50 casos acumulados, 41 recuperados, 1 óbito e 8 ativos. A região sanitária de Oio continua a registar 32 casos de acumulados, dos quais 28 recuperados e quatro ativos. Farim tem 22 casos acumulados, todos recuperados.

Na região de Tombali os dados alteraram e o número de casos  subiu de 09 para 18 acumulados, todos considerados recuperados. 

A região sanitária de Bolama continua apenas com 1 caso também recuperado. A região dos Bijagós tem 07 casos acumulados, dos quais 05 recuperados e dois ativos. 

As estatísticas do Alto Comissariado indicam ainda que estão internados 10 pacientes suspeitos, mas a causa do internamento estaria  relacionada com outras doenças, nomeadamente o HIV SIDA, a Tuberculose e  Diabetes.  

Por: Epifânia Mendonça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Figura de Semana

Edição Impressa