ALTO COMISSARIADO ACREDITA QUE O FINANCIAMENTO DO FUNDO MUNDIAL PODE REDUZIR O IMPACTO DA COVID-19

O secretário do Alto Comissariado para Covid-19 (AC), Plácido Cardoso, disse acreditar que o financiamento do Fundo Mundial à Covid-19 pode reduzir o impacto da doença na Guiné-Bissau. A proposta nacional para o financiamento da Covid-19 está em análise hoje e amanhã (9 e 10 de junho de 2021) numa conferência e será apresentada ao Fundo Mundial em data a indicar.

Plácido Cardoso enfatizou que o pedido de financiamento para o coronavírus ao Fundo Mundial será um passo importante, por ser uma proposta que visa apoiar na redução do impacto da Covid-19 junto das populações alvo incluídas nos programas de apoio do Fundo Mundial.

No seu discurso, na abertura dos trabalhos da conferência “diálogo nacional” para a apreciação da proposta do pedido de financiamento para as respostas à Covid-19, organizada pela Comissão de Coordenação Multissectorial, o secretário do Alto Comissariado para Covid-19 disse esperar que a conferência de dois dias ajude a melhorar a performance da resposta nacional contra a Covid-19.

“Espero ainda que os debates sejam francos e profissionais de forma a dar maior qualidade à proposta que mais tarde será submetida ao Fundo Mundial, porque o diálogo nacional vai permitir também equacionar algumas melhorias no plano nacional de combate à pandemia”, notou.

Por sua vez, o presidente da Comissão de Coordenação Multissectorial, Mamadú Saliu Bá, esclareceu que a conferência destinada aos parceiros e às organizações da sociedade civil decorre de uma consulta multissectorial, de acordo com o modelo do Fundo Mundial, onde as decisões devem ser tomadas de uma forma inclusiva e participativa.

“O Fundo Mundial é um dos maiores doadores no setor da saúde e desde o início da pandemia de coronavírus prestou grandes apoios à Guiné-Bissau”, sublinhou e disse que a Covid-19 assustou o mundo e continua a assolá-lo, tendo consequências graves nas camadas mais desfavorecidas e vulneráveis, com impactos devastadores no sistema de saúde e na comunidade mundial.

Neste sentido, apelou à toda a sociedade em geral a assumir a sua responsabilidade na luta contra a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

 

Por: Epifânia Mendonça
Foto: E.M

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.