PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA EXIGE MAIS PRODUÇÃO AOS MAGISTRADOS

O Procurador-Geral da República (PGR), Fernando Gomes, exigiu aos magistrados guineenses esta terça-feira, 14 de julho de 2021, mais produção, tendo em conta as informações recolhidas aquando da sua visita ao Centro de Detenção da Polícia Judiciaria em Bissau, considerando “inadmissível” que um preso fique muito tempo sem saber da sua situação. O PGR revelou que há muitos prisioneiros que aguardam há anos pela resolução dos seus casos e clarificação dassuas situações. 

Fernando Gomes falava depois na cerimónia de receção de materiais informáticos oferecidos pela embaixada da República Popular da China. 

No conjunto dos materiais entregues pelo embaixador da China no país, Guo Ce, encontram-se 8 computadores, 5impressoras e cartuchos de tinta e uma máquina fotocopiadora.

Em relação aos materiais recebidos, Fernando Gomes disse esperar que possam ajudar a colmatar algumas dificuldades que a PGR está a enfrentar e melhorar os trabalhos dos seus profissionais, aumentando a produtividade e assim responder com eficiência às suas responsabilidades. Contudo, sublinhou que os desafios com que a instituição se depara são enormes, o que exige maior preparação dos seus técnicos e funcionários.

O Procurador-Geral da República disse que o gesto da representação diplomática chinesa na Guiné-Bissau demostra o reforço dos laços de amizade entre os dois países.

Por sua vez, o Embaixador da República Popular da China na Guiné-Bissau frisou que o gesto da sua instituição vem na sequência do pedido feito pelo Procurador-Geral de República, no qual tinha manifestado a necessidade de serem melhoradas as condições de trabalho na Procuradoria-Geral de República.

Guo Ce disse esperar que os materiais doados ajudem a aumentar a eficiência dos trabalhos da Procuradoria-Geral da República, tendo em conta a responsabilidade que tem.

“A boa imagem da justiça vai ajudar consequentemente a imagem do país”, salientou, desejando mais sucessos ao procurador Fernando Gomes.

O embaixador Chinês aproveitou a ocasião para manifestar a sua gratidão às autoridades e partidos políticos guineenses que tomaram parte na cimeira do partido comunista do seu país e garantiu que a China continuará a ser parceiro da Guiné-Bissau.  

Por: Epifânia Mendonça

Foto: E.M

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.